All posts by Maria Fortes

NOVAS FORMAS DE PAGAMENTO MÉDICO

 

Cláudio Lottenberg, presidente do United Health Group Brasil e Presidente do Conselho Deliberativo do Hospital Albert Einstein, fala sobre a qualidade pautada na segurança das práticas assistenciais na saúde.

Ele participou como palestrante da reunião conjunta do Conselho Científico e da Comissão de Defesa Profissional, realizada nesta terça-feira.

#AMB #Cientifico #DefesaProfissional

EQUILIBRIO DE FORÇAS

Carlos Jasmin, diretor de Defesa Profissional da AMB, fala, na reunião conjunta do Conselho Científico e da Comissão de Defesa Profissional, sobre a visão dos médicos sobre os pagamentos por valor:

“Precisamos que haja simetria de forças, que os contratos respeitem as duas partes e que haja transparência. Assim, conseguimos o ponto principal dessa relação: confiança.”

Foto: Jorge Gutierrez/Timbro

AUDITÓRIO LOTADO NO I SEMINÁRIO DA AMB-RO EM PEDIATRIA

O terceiro evento de atualização profissional da AMB-RO repetiu o sucesso dos seminários anteriores realizados pela instituição, com médicos e estudantes de medicina lotando o auditório a fim de assistirem as palestras que versaram sobre autismo, déficit de atenção e hiperatividade.

O presidente da AMB-RO, Aparício Carvalho, destaca que “promover eventos dessa natureza é parte primordial de nossa função enquanto associação” e complementa, “a diretoria, nossos parceiros e a equipe de organização não medem esforços para poder oferecer uma pauta de trabalho relevante à comunidade médica num ambiente agradável que também propicie a integração”.

Para garantir a relevância dos conteúdos, foram convidados como palestrantes os neurologistas pediátricos Marcos Antonio Sueyassu e Jean Carlos Turazzi Gonçalves. O evento foi coordenado por Maria das Graças Guedes de França, diretora de benefícios da AMB-RO.

#AMB-RO #Pediatria #Autismo #TDAH #Rondonia

PERIGOS DO AMIANTO

Nos últimos dias, a criação de uma comissão no Senado para avaliar a liberação da produção de amianto no Brasil reacendeu o alerta sobre os riscos da substância à saúde.

O vice-presidente da AMB, Robson Freitas de Moura, conversou sobre o assunto com o jornalista Heródoto Barbeiro, no Jornal da Record News.

Assista: https://youtu.be/6_-dMBITtCc

 

TORAX 2019: MAIOR EVENTO DE CIRURGIA TORACICA DA AMERICA LATINA

Belo Horizonte está sediando o XXI Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Torácica – TÓRAX 2019, maior evento da especialidade na América Latina. O encontro, que vai até este sábado (18), se propõe a ser um momento de atualização para especialistas na área e reúne uma programação científica diversificada, com simpósios, sessões interativas e cursos ministrados por pesquisadores renomados.

A gama de temas abordados durante o evento é extensa: câncer de pulmão, inovações em videocirurgia, cirurgia robótica e minimamente invasiva, endoscopia respiratória avançada, trauma torácico, oncologia, entre outros.

A AMB foi representada no congresso pelo presidente, Lincoln Ferreira, que participou de uma sessão conjunta com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Torácica (SBCT) sobre atividade profissional e aspectos legais.

“O congresso é uma grande oportunidade de atualização. É importante destacar que a programação completa e diversificada contribui para ampliar conhecimentos técnicos, legais e inerentes ao cotidiano profissional dos médicos da especialidade. Essa capacitação plural é de extrema importância para a classe médica”, ressalta Lincoln Ferreira.

Além das discussões já citadas, o Tórax 2019 trouxe uma novidade: o Big Day, que será realizado neste sábado (18) e terá como centro o 1 Simpósio Intercontinental de Câncer de Pulmão, com a participação inédita de Sociedades de Especialidades e entidades internacionais ligadas ao assunto.

À propósito, diversos especialistas de fora do Brasil participaram do congresso, vindos de países como Estados Unidos, Alemanha, Itália, Suécia, Canadá, França, Argentina, Equador e Colômbia.

Mais informações sobre o congresso: http://www.torax2019.com.br
Na foto: Sérgio Tadeu, presidente da SBCT, e Lincoln Ferreira

TORAX 2019

Belo Horizonte está sediando o XXI Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Torácica – TÓRAX 2019, maior evento da especialidade na América Latina.

O evento vai até o próximo dia 18 e tem ampla programação sobre Câncer de pulmão, Inovações em Videocirurgia e Cirurgia Robótica, Endoscopia respiratória avançada, Trauma Torácico e Oncologia.

A AMB será representada no congresso pelo presidente, Lincoln Ferreira, que participa nesta sexta-feira (17) de uma sessão conjunta com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Torácica (SBCT) sobre atividade profissional e aspectos legais.

Mais informações sobre o congresso: http://www.torax2019.com.br.

#Torax2019 #SBCT #AMB #CirurgiaToracica

SOBRE O GRUPO DE TRABALHO CRIADO PELO MEC

 

Foi um grave erro do Ministério da Educação alijar a Associação Médica Brasileira (AMB) do Grupo de Trabalho (GT) criado para tratar do processo de revalidação de diplomas de medicina concedidos por universidades do exterior. O fato causou grande espanto e estranheza na classe médica, principalmente porque a entidade vem atuando intensamente nesse tema, inclusive apresentando ao Ministério da Educação denúncia formal na última terça-feira (14/5) sobre irregularidades que colocam em xeque a credibilidade do processo em todo o País,  enquanto não houver investigação aprofundada e medidas firmes para evitar que o problema siga ocorrendo.

Esclarecemos que em nenhum momento a AMB se opôs à criação do referido Grupo de Trabalho. Muito pelo contrário. É necessário, importante e pertinente. A entidade só não está participando do grupo por não ter sido incluída na Portaria do MEC que o criou oficialmente, publicada no Diário Oficial da União de hoje. Vale ressaltar que não existe qualquer norma legal vigente que impeça a participação da AMB neste Grupo de Trabalho. 

A AMB seguirá atuando em prol da medicina brasileira, da classe médica e da população, que precisa ter confiança em que os médicos que atuem no Brasil tenham sido formados dentro de padrões que garantam um atendimento seguro e de qualidade. Não permitiremos que processos de revalidação de diplomas sejam conduzidos sem uma avaliação séria e justa. A saúde da população depende de uma atuação médica competente e capacitada. Qualquer coisa que fuja disso é tentativa de ludibriar o cidadão brasileiro. 

Ratificamos que a AMB é e sempre foi a favor de mecanismos de avaliação também para os egressos de escolas médicas brasileiras, dentro do mesmo princípio que norteia a preocupação com a qualidade no atendimento aos pacientes.

 Diretoria da Associação Médica Brasileira

 

 

 

I SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SAÚDE AMBIENTAL EM PEDIATRIA

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), por meio do seu Departamento Científico de Toxicologia e Saúde Ambiental, vai realizar o I Simpósio Brasileiro de Saúde Ambiental em Pediatria, em 08 de outubro de 2019, em Porto Alegre (RS).

O evento é pioneiro nesta área no Brasil, e vai debater os impactos da poluição dos ecossistemas no corpo humano, em especial na população pediátrica, além dos efeitos nocivos dos agentes químicos sobre as pessoas e o meio ambiente.   

O Simpósio ocorrerá como pré atividade do 39º Congresso Brasileiro de Pediatria, um dos maiores congressos de especialidade do mundo, com cerca de 6 mil participantes.

Informações no site www.saudeambiental2019.com.br  e www.cbp2019.com.br

#SaudeAmbientalPediatria  #SimposioSaudeAmbiental  #SBPSaudeAmbiental

#CongressoPediatria   #AMBSaudeAmbientalPediatria

LIVRO CONSCIENTIZA SOBRE ENFRENTAMENTO AO ASSÉDIO NA FORMAÇÃO MÉDICA

Os casos de assédio moral em ambientes de formação médica motivaram o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) a editar um livro sobre o assunto. Com o título “Assédio moral na formação médica: conscientizar para combater”, a publicação será lançada nesta quarta-feira (15), na sede do Cremesp.

O Secretário Geral da Associação Médica Brasileira (AMB), Antonio Jorge Salomão, vai participar da mesa de abertura do evento. O livro chama a atenção para a complexidade da formação médica, que vai além da sala de aula, dos livros didáticos e é atrelada à interação humana, seja com pacientes ou mentores.

“A obra é de extrema importância para fortalecer o médico no início de carreira, dar subsídios para reconhecer o assédio e conscientizar sobre esse crescente problema”, reforça Antonio Jorge Salomão.

Enfrentamento ao assédio

A obra, que tem tiragem de cinco mil exemplares, conta com a colaboração de 15 autores e é organizada pelos médicos Edoardo Filippo de Queiroz Vattimo, conselheiro e coordenador de Comunicação do Cremesp, e Elio Belfiore, delegado regional em Campinas.

A publicação, voltada para estudantes, residentes, supervisores e instituições de ensino médico, traz, ainda, orientações sobre aspectos legais inerentes ao assédio, propõem medidas para enfrentá-lo e outras informações úteis para desmistificar o assunto.

O livro “Assédio moral na formação médica: conscientizar para combater” será distribuído de forma gratuita a médicos em formação nos hospitais-escola e nos programas de residência médica paulistas. A versão online da publicação também será disponibilizada em breve no site do Cremesp.

Imagem: Cremesp