AMB APOIA PRÉ-CANDIDATOS COMPROMETIDOS COM A CARREIRA DE MÉDICO DE ESTADO - AMB

AMB APOIA PRÉ-CANDIDATOS COMPROMETIDOS COM A CARREIRA DE MÉDICO DE ESTADO

 

O momento atual da política brasileira é uma janela de oportunidade para conquistarmos uma representação numerosa, uma FRENTE DE PARLAMENTARES NA MEDICINA no Congresso, consistente e alinhada, para vencermos os desafios da Medicina e da saúde brasileira, que foram tão destratadas nos últimos anos.

Assista ao vídeo e conheça alguns dos pré-candidatos que já formalizaram seu comprometimento com a Pauta Legislativa da AMB e saiba o que eles pensam sobre da carreira de Médico de Estado.

O Brasil ainda sofre com grande desigualdade na distribuição de médicos entre regiões, estados, capitais e municípios do interior. O principal fator é porque não existe uma carreira de Médico de Estado, que permita ao profissional se deslocar para regiões mais afastadas com suas famílias, garantindo:

– Piso salarial fixado por lei e garantia de recebimento
Atualmente, os médicos que trabalham em prefeituras e estados, muitas vezes, recebem seus salários com atrasos, seja por falta de dinheiro devido a gestão dos recursos ou de desvios.

-Estabilidade
Hoje há um cenário de demissões injustificadas, por vezes, inclusive por atrasos nos pagamento, o famoso calote. Também há demissões pela substituição de médicos dos municípios por estrangeiros do Programa Mais Médicos.

-Contratações adequadas
Hoje muitas prefeituras e estados realizam contratações de toda a natureza, que não garantem a estabilidade do profissional e contribuem para a desordem nos pagamentos.

-Qualificação continuada
O médico poderá planejar o crescimento profissional, com o retorno para grandes centros após um período, dentro de um plano de carreira, pois nos locais mais distantes não há perspectiva de atualização médica, por haver distanciamento dos centros que oferecem estes recursos.

Compartilhar em: