AMB FALA À FOLHA DE S. PAULO SOBRE FRAUDE

Matéria da Folha de São Paulo dessa sexta-feira, 4/9, mostra como a ex-funcionária que trabalhava na AMB havia quase 30 anos desviou pelo menos R$ 50 milhões da AMB, descoberta após a posse da atual diretoria, que denunciou o crime ao Ministério Público, Justiça do Trabalho e Polícia Civil de São Paulo.

Os desdobramentos das investigações já resultaram em bloqueio de patrimônio de mais de 20 pessoas físicas e jurídicas e da quebra de sigilo bancário e fiscal de nove CPFs e CNPJs. Objetivo, além de punir os envolvidos, é recuperar os recursos desviados da AMB.

Os desfalques apurados até agora se referem aos últimos 10 anos de atuação da ex-funcionária (2008 a 2018). A segunda fase das investigações internas e da auditoria da KPMG já está em curso e cobrem o período entre 1998 e 2007, quando devem aparecer os mandantes, facilitadores e demais envolvidos no crime.

https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2020/09/contribuicao-de-50-mil-medicos-brasileiros-foi-desviada-para-salao-de-cabeleireiros.shtml

Compartilhar em: