Cursos de medicina sem estrutura crescem e chegam a custar R$ 7 mil

Matéria veiculada no Fantástico (TV Globo), neste domingo (23/8) mostra de forma pormenorizada, com casos e estatísticas, o que há muito a Associação Médica Brasileira (AMB) vem alertando: o caos gerado pela criação indiscriminada de faculdades de medicina no País. “É mais um exemplo de uma política equivocada para a saúde no Brasil. Esse governo acredita que pode resolver problemas estruturais com uma canetada, sem discutir com quem conhece formação médica”, critica Florentino Cardoso, presidente da AMB.

Quando as primeiras turmas das novas escolas se formarem, o Brasil passará a ter uma relação de médico por habitante superior à registrada na Europa. “Infelizmente não teremos uma saúde melhor do que temos hoje, porque mais uma vez o foco do governo é quantidade, sem preocupação com qualidade”, lamenta Florentino.

Mesmo com esta perspectiva de aumento exponencial no número de médicos, novas faculdades seguem sendo abertas e nada se faz para melhorar a qualidade das escolas já existentes, a fim de garantir que a população seja atendida por médicos capacitados e bem preparados para desenvolver suas atividades.

Assista. É alarmante. Dá medo.

http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2015/08/cursos-de-medicina-sem-estrutura-crescem-e-chegam-custar-r-7-mil.html

Compartilhar em: