VIII CONGRESSO DA COMUNIDADE MÉDICA DE LÍNGUA PORTUGUESA ACONTECE EM BRASÍLIA

Atualmente, 480 mil profissionais são membros da Comunidade Médica dos Países de Língua Portuguesa (CMLP), distribuídos em quatro continentes, sendo 420 mil brasileiros.

A capital federal, Brasília, recebe de 4 a 6 maio de 2017 o VIII Congresso da Comunidade Médica de Língua Portuguesa, evento gratuito, que tem como tema central do encontro: “Raízes, Realidades e Solidariedade”, com o objetivo de troca de experiências, conhecimentos, responsabilidades e estratégias comuns de cooperação, desenvolvimento e políticas na saúde lusófona, representadas por entidades médicas do Brasil, Portugal, Timor Leste, Macau, Moçambique, Angola e Guiné Bissau.

O evento que acontece no Centro Internacional de Convenções do Brasil, é promovido pela Comunidade Médica de Língua Portuguesa (CMLP) e conta com o apoio e organização da Associação Médica Brasileira (AMB) e do Conselho Federal de Medicina (CFM).

Para o presidente da AMB, Florentino Cardoso, o VIII Congresso da CMLP, mostra que apesar das tentativas divisionistas, os médicos lusófonos continuarão unidos em prol do paciente. “Continuaremos a exercer o ético desempenho da medicina, buscando a qualidade no atendimento e a segurança do paciente”, enfatizou.

No primeiro dia do Congresso, o presidente da AMB, Florentino Cardoso participou como conferencista no tema RAÍZES, REALIDADES E SOLIDARIEDADE, tema central do encontro e presidiu a conferência BIOÉTICA DOS PAÍSES LUSÓFONOS.

Fazendo referência ao baixo financiamento do Estado brasileiro, Florentino Cardoso, chamou atenção para os problemas da saúde pública do país e destacou que em cinco anos foram desativados 24,5 mil leitos hospitalares ligados ao SUS. “O povo precisa pressionar e ficar atento para cobrar melhorias para o setor”.

Florentino Cardoso ainda destacou a importância sobre a qualificação das escolas médicas. “ No Brasil já são quase 300 escolas abertas que formam aproximadamente 22 mil médicos por ano. Em pouco tempo chegaremos a quase um milhão de profissionais no país. Não devemos pautar nosso horizonte com quantidade e sim com qualidade”.

Em sessão Solene será comemorado os 10 anos do Convênio CFM e Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, que disponibiliza doutorado em bioética para médicos brasileiros. O evento ainda contará com a cerimônia de entrega de Certificados aos alunos da 6ª turma do Programa Doutoral em Bioética

Para saber mais sobre a programação do VIII Congresso da Comunidade Médica de Língua Portuguesa, acesse: http://bit.ly/VIIICMLP

O evento está sendo transmitido ao vivo: http://bit.ly/cmlppaovivo
Foto: Assessoria do CFM

Compartilhar em: