CONSELHO CIENTÍFICO DA AMB ABORDA IMUNODEFICIÊNCIAS, NEFROLOGIA INTERVENCIONISTA E ONCOGENÉTICA

Aconteceu nessa terça feira (27/11), a reunião mensal do Conselho Científico da Associação Médica Brasileira. Lincoln Lopes Ferreira e Antônio Carlos Palandri Chagas, respectivamente presidente e diretor científico da AMB, realizaram a abertura enfatizando a importância de um ministro da saúde comprometido com a classe médica, como Luiz Henrique Mandetta.

 

Representando a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia, o professor Antonio Condino trouxe ao conselho a importância da triagem neonatal no diagnóstico precoce de imunodeficiências primárias, um novo assunto da medicina visando a maior assertividade nos tratamentos dessas patologias, em sua maioria, de caráter congênito e hereditário.

 

Diretor científico e presidente eleito da Sociedade Brasileira de Nefrologia, Marcelo Mazza, abordou no conselho a Nefrologia Intervencionista, não apenas sua importância na expansão de especialidade, mas também na formação de nefrologistas.

 

 

 

Encerrando as apresentações, Patricia Prolla, da Sociedade Brasileira de Genética Médica, defendeu uma proposta da área de atuação em Oncogenética, para todas sociedades de especialidades relacionadas à prática.

 

“A reunião de hoje trouxe assuntos que mostram o quanto a medicina brasileira está avançando e o quanto as sociedades juntas podem contribuir para esses avanços”, conclui Antonio Carlos Palandri Chagas.

 

Vídeo e fotos: Andrezza Hernandes Rodrigues – Timbro Comunicação

Compartilhar em: