FALTA DE EPIs COLOCA EM RISCO PROFISSIONAIS DA SAÚDE

“A falta de EPIs não só ocasiona a doença nos profissionais de saúde, como também pode gerar um colapso do sistema”, declarou o vice-presidente da AMB, Diogo Sampaio durante a reunião da Comissão de Ações Preventivas do Coronavírus no Brasil, realizada nesta quarta-feira (29), na Câmara dos Deputados. A participação da AMB na reunião foi destaque em matéria do jornal O Globo, que abordou os debates realizados nesta quarta, em Brasília, sobre a falta de equipamentos de proteção para os profissionais da saúde que estão atuando no combate ao vírus.

Mais de 6 mil profissionais da área já foram contaminados no Brasil por causa da falta e proteção adequada. Na reunião, Diogo Sampaio pontuou o quanto é preocupante o número de afastamento pela COVID-19 entre esses trabalhadores. Em São Paulo, pelo menos 3200 profissionais já foram afastados. No Amazonas, estado que está com o sistema praticamente em colapso, 400 pessoas já foram afastadas de suas funções por infecção pela doença.

Confira matéria no link https://oglobo.globo.com/sociedade/em-reuniao-com-ministro-secretarios-de-saude-cobram-equipamentos-associacao-aponta-6-mil-profissionais-infectados-24401277.

Compartilhar em: