FALTA DE MEDICAMENTOS DE ALTO CUSTO NO DISTRITO FEDERAL

A falta de medicamentos de alto custo no Distrito Federal é uma amostra de um cenário que assola os brasileiros que dependem destes medicamentos para tratar doenças que podem ocasionar a morte.

Para o presidente da Associação Médica de Brasília (AMBr), Dr. Ognev Cosac, contribuem para este cenário a falta de ação governamental e de seus órgãos reguladores, como a Anvisa, na Política de Patentes, que favorece os valores exorbitantes destes medicamentos, já que são distribuídos por poucos laboratórios.

As compras emergenciais para suprirem a demanda em falta influenciam na compra de medicamentos em preços maiores, já que não há o processo tradicional de pesquisa de valores das licitações para garantir a disponibilidade dos medicamentos.

Além da judicalização, fenômeno recorrente na saúde brasileira, que faz com que milhares de pacientes precisem entrar em processos burocráticos na justiça para assegurar o direito de receberem os medicamentos de alto custo para manutenção do tratamento.

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2018/05/02/interna_cidadesdf,677621/cerca-de-25-dos-medicamentos-de-alto-custo-estao-em-falta-no-df.shtml

Compartilhar em: