MIGUEL JORGE TOMA POSSE COMO PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO MÉDICA MUNDIAL

É um tempo de comemoração para os médicos brasileiros: o diretor da Associação Médica Brasileira (AMB), Miguel Jorge, assumiu a presidência efetiva da Associação Médica Mundial (WMA- World Medical Association). O evento de posse aconteceu nesta sexta-feira (25), durante a Assembleia Geral Anual da WMA, realizada em Tbilisi, na Geórgia. Miguel Jorge já havia atuado por um ano como presidente eleito antes de assumir o cargo efetivo.

O novo presidente, que é Professor Associado Livre-Docente em Psiquiatria da UNIFESP e tem longa trajetória no associativismo médico, ocupará o cargo da principal entidade médica do mundo no biênio 2019/2020, representando 10 milhões de médicos. Ele já foi diretor da Associação Mundial de Psiquiatria, diretor de Relações Internacionais da AMB e é membro do Painel de Especialistas em Saúde Mental e Abuso de Substâncias da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Miguel Jorge destaca que, enquanto estiver à frente da instituição, vai atuar para levar a voz da classe médica brasileira para dentro da diretoria da WMA e que a valorização da relação médico-paciente será um dos focos centrais da atuação dele.

“Um bom médico precisa ser capaz de se colocar no lugar de seus pacientes, tentando sentir como eles se sentem, a fim de entender melhor suas necessidades e planejar fornecer o que eles mais precisam. Mas não é uma tarefa simples colocar-se no lugar de um paciente e, ao mesmo tempo, evitar se sentir tão desamparado quanto ele possa estar. Nos cuidados médicos, é tão essencial ter empatia quanto poder examinar o paciente de forma objetiva”, pontua o presidente da WMA.

 

 

AMB NOS COMITÊS DA WMA

Outros diretores da AMB também tomaram posse como conselheiros de diversos comitês da WMA. O vice-presidente, Diogo Sampaio, a 1a. secretária Carmita Abdo; o diretor de Relações Internacionais, Eduardo Gaui; o secretário-geral, Antonio Jorge Salomão, foram indicados como conselheiros do Comitê de Ética Médica. Já a diretora de Assuntos Parlamentares, Débora Cavalcanti, foi indicada conselheira do Comitê de Assuntos Médico-Sociais, ao lado de Eduardo Gaui e Diogo Sampaio. Para o Comitê de Finanças e Planejamento os conselheiros brasileiros são José Bonamigo e Mauro Cesar Viana de Oliveira, respectivamente 2º tesoureiro e vice-Presidente da Região Nordeste da AMB.

O presidente da AMB, Lincoln Ferreira, agora membro do Conselho da WMA, comemora as conquistas da diretoria da Associação Médica Brasileira e parabeniza os colegas pela dedicação e atuação ética na promoção da saúde. “Os médicos brasileiros têm muito a acrescentar à saúde mundial. Parabenizo a todos e coloco a AMB em absoluta sintonia com a WMA para que atuemos juntos na construção de uma classe médica que trabalhe de forma ética, segura e com extrema qualidade”, enfatiza.

Compartilhar em: