PRESIDENTE DA AMMS É HOMENAGEADA NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO MATO GROSSO DO SUL

Pelos serviços médicos prestados à população sul-mato-grossense, a presidente da Associação Médica do Mato Grosso do Sul (AMMS) e diretora acadêmica da Associação Médica Brasileira (AMB), Maria José Maldonado, recebeu a “Medalha do Mérito Médico Dra. Jeanne Elizabeth Wanderley Tobaru”. A entrega foi realizada durante a sessão solene em homenagem ao Dia do Médico na Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul.

A honraria foi proposta pelo deputado estadual Renato Câmara (MDB). Participaram da solenidade diversos parlamentares, a secretária-adjunta da Secretaria Estadual de Saúde, Crhistinne Cavalheiro Gonçalves, e o presidente do Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul, Marcelo Santana Silveira.

Além de Maldonado, compuseram a mesa o deputado Renato Câmara; o presidente do Sindicato dos Médicos do Mato Grosso do Sul, Marcelo Santana Silveira; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Corrêa (PSDB); o presidente da Academia de Medicina do Mato Grosso do Sul, Juberty Antonio de Souza; o presidente do Conselho Regional de Medicina, Alex Finamore; e André Augusto Wanderley Tobaru, filho da médica Jeanne Elizabeth Wanderley Tobaru, que dá o nome à medalha.

A AMMS também entregou a honraria aos médicos Ana Maria Vieira Rizzo, Justiniano Barbosa Vavas, Maurício Simões Corrêa, Sérgio Luís Reis Furlani e Valdir Shigueiro Siroma. Já o Sinmed homenageou os profissionais Carlos Shigueyoshi Aguni, Flávio Freitas Barbosa, José Luiz Mikimba Pereira, Leika Aparecida Ishiyama Geniole, Luzia da Silva Santana (in memoriam), Maurício Agapito Ortiz Ocariz e Nestor Muzzi Ferreira Filho.

Em nome dos homenageados, Maria José Martins Maldonado, agradeceu à iniciativa da Assembleia Legislativa e, no discurso, mencionou os percalços que precisam ser enfrentados na profissão, como a má remuneração e as questões judiciais. “São reconhecimentos como este que nos dão energia para enfrentar os desafios que a medicina diariamente nos impõe”.

Poesia

Maria José buscou na poesia uma forma de traduzir a importância que os médicos têm na vida das pessoas. Ainda durante o discurso, a presidente lembrou que o 18 de outubro foi escolhido como o Dia do Médico em referência a São Lucas e leu o poema “Ser médico”, escrito pela médica Murita da Cruz Rios Sampaio.

Sessão solene na Câmara

Ainda no contexto do Dia do Médico, a presidente da AMMS também compôs a mesa de honra da solenidade que comemorou a data na Câmara Municipal de Campo Grande. Ela falou sobre as dificuldades enfrentadas pelos médicos, o que leva ao aumento dos casos de depressão. Médicos mal remunerados, jornadas excessivas, equipamentos insuficientes e uma política em que quantidade importa mais que qualidade foram alguns dos problemas elencados.

Compartilhar em: