RESTAURAÇÃO DAS CARTILAGENS, GRANDE DESAFIO DA MEDICINA, SERÁ TEMA DO CONGRESSO BRASILEIRO DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA EM GOIÂNIA

Um dos maiores pesquisadores sobre o problema da restauração e substituição da cartilagem humana, o professor William Bugbee, de San Diego, confirmou presença no Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia – CBOT, que vai se realizar neste mês, em Goiânia.

 A apresentação do especialista norte-americano sobre a mais recente evolução das pesquisas sobre cartilagem está sendo esperada com ansiedade, porque com o envelhecimento da população brasileira já são milhões os pacientes que sofrem pelo desgaste da cartilagem que ocorre em decorrência da idade ou da prática esportiva. Os problemas se concentram principalmente do joelho, quadril e ombro, explica o presidente do Congresso, Sandro Reginaldo, ele mesmo especialista em patologias do ombro e cotovelo.

 O médico brasileiro acrescenta que no mundo inteiro e também no Brasil os pesquisadores se debruçam sobre o problema de substituir a cartilagem desgastada, de vez que o problema causa dores intensas e a cartilagem não se regenera.

 Sandro Reginaldo lembra que a pesquisa sobre cartilagem é apenas um dos muitos temas que serão discutidos no Congresso de Goiânia, o mais importante evento de Ortopedia e Traumatologia da América Latina. “Esperamos em torno de 3.500 ortopedistas do Brasil inteiro e também dos Países do Cone Sul”, diz ele, “tanto que recebemos pedido de médicos de fala hispânica para que as conferências tenham tradução simultânea”

 O evento científico vai focar tanto o tratamento dos problemas ortopédicos e do trauma, como a prevenção, tanto que para o público leigo será promovida a ‘Corrida Ossos Fortes’, para divulgar a importância da atividade física na prevenção dos problemas musculoesqueléticos, em especial a osteoporose. Outro evento importante será um curso pré-congresso sobre a Dor, pois Sandro Reginaldo explica que “o objetivo do médico do Século XXI não é apenas prolongar a vida, mas prolonga-la com boa qualidade” e, para isso, é vital que o idoso seja saudável e não sofra com dores.

 Outro também relevante no Congresso será a presença de dezenas de ‘Ligas Acadêmicas de Ortopedia’, isto é, de grupos de estudantes de Medicina que, no Congresso, terão contato com os grandes especialistas em Ortopedia e Traumatologia e que, no correr do evento, muitas vezes decidem se, quando formados, optarão pela especialidade Ortopedia. Já estão confirmados, entre outros, grupos de Ligas Acadêmicas da Bahia, Patos de Minas, Marília, Curitiba, Acre, Uberlândia, Petrópolis, Rio de Janeiro, Araraquara, Vale do Itajaí, Vitória, Distrito Federal, Rio Verde e da Universidade Federal de Goiás.

 SERVIÇO:

49º Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia

Local: Centro de Convenções Goiânia/GO

Datas: 16 a 18 de novembro de 2017

Informações: http://cbot2017.com.br/

Compartilhar em: