RETROSPECTIVA AMB | MÉDICOS PELO BRASIL

O programa Médicos pelo Brasil pode representar um novo tempo para a medicina e a saúde. O projeto foi criado para substituir o Mais Médicos, que era uma artimanha política que permitiu a Cuba lucrar bilhões explorando mão de obra em condição análoga à escravidão.

Alguns dos profissionais trazidos ao Brasil sequer tinham a comprovação de que eram realmente médicos. Tudo isso sob a ladainha de que faltavam médicos no país que os brasileiros não queriam ir para os locais distantes. A grande maioria dos cubanos trazidos pelo programa Mais Médicos ficou localizada nas cidades litorâneas, longe dos locais de difícil provimento, comprovando o fracasso do programa e a mentira vendida para a população na campanha presidencial de 2014.

Para resolver a questão da alocação de médicos em locais tradicionalmente de difícil provimento, o Médicos pelo Brasil cria uma carreira federal para os médicos brasileiros, que passam a ter segurança jurídica e garantias de trabalho para atuar nesses locais, garantindo assim que a população tenha acesso a profissionais devidamente formados e com os diplomas revalidados.

Enquanto ainda era comemorado o lançamento do Médicos Pelo Brasil, os parlamentares aprovaram uma série de emendas ao projeto que colocariam em risco a saúde da população. Atendendo aos pedidos da Associação Médica Brasileira (AMB) e demais entidades médicas, o presidente Jair Bolsonaro vetou estes trechos que eram considerados verdadeiros “jabutis”. A AMB segue lutando para que os vetos do presidente da República não sejam derrubados pelo Congresso Nacional, depois do recesso legislativo.

#RetrospectivaAMB #AMB #Retrospectiva2019 #MedicosPeloBrasil  #RevalidaLightNao #Revalida #RevalidacaoDeDiplomas #DiplomasMedicos #Saude #Medicina

Compartilhar em: