SEM CONSÓRCIOS

A criação de consórcios para que estados e municípios fizessem convênios com Cuba para replicar o Mais Médicos não foi incluída no pacote de prejuízos para a saúde aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado nos últimos dias. A proposta foi suprimida do texto da medida provisória 890/2019.

“Essa foi uma das poucas demonstrações de sensatez do Legislativo nas discussões referentes ao Exame Revalida e ao programa Médicos pelo Brasil, que foram conduzidas para liberar a revalidação de diplomas em faculdades privadas e legitimar o esquema de compra de vagas denunciado pela AMB”, reforça Diogo Sampaio, vice-presidente da entidade.

A Medida Provisória 890/2019 e o PL 4067/2015 seguiram para apreciação do presidente da República, Jair Bolsonaro.

#AMB #saude #medicina #MPV890 #revalidalightnao #MedicospeloBrasil

Compartilhar em: