HIPERTENSÃO MAL CONTROLADA É RESPONSÁVEL POR METADE DAS MORTES POR DOENÇAS CARDIOVASCULARES

Sociedade Brasileira de Cardiologia participará de campanha mundial de conscientização. No Brasil, o controle da hipertensão varia de 10,1% a 35,5%, segundo Diretriz da SBC.

No Dia Nacional de Prevenção e Controle da Hipertensão Arterial, 26 de abril, a Sociedade Brasileira de Cardiologia – SBC – lança uma campanha, associada à Internacional Society Hipertension – ISH. A ação pretende medir a pressão arterial em mais de 100 países, incluindo o Brasil, em 100 centros de cada país com a aferição de pelo menos 100 pessoas em cada um, totalizando 25 milhões em todo o mundo. O objetivo é chamar a atenção para a doença que é responsável direta ou indiretamente por 50% das mortes cardiovasculares no país.
“A hipertensão é uma doença silenciosa com tratamento conhecido, mas que os brasileiros ainda negligenciam por não aderirem ao tratamento quando é diagnosticada, ou por sequer saberem que têm pressão alta”, conta o presidente da SBC, Marcus Bolívar Malachias. A 7ª Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial da SBC, recentemente publicada, analisou 14 estudos publicados nas regiões Sudeste, Sul e Centro Oeste e constatou que o controle da hipertensão no Brasil é muito baixo, variando de 10,1% a 35,5%.
A Hipertensão atinge 32,5% (36 milhões) dos adultos e as suas complicações (cardíacas, renais e cerebrais) têm impacto elevado na perda da produtividade do trabalho e da renda familiar, estimada em R$ 13,7 bilhões entre 2006 e 2015. “A adesão ao tratamento é essencial para impactarmos nos índices e reduzirmos as mortes por doença cardiovascular”, lembra o presidente do Departamento de Hipertensão da SBC, Eduardo Barbosa.

MMM.17

A campanha mundial MMM.17 – Mês (Maio) Mundial da Medição da pressão arterial – foi deflagrada para detectar um maior número de hipertensos e ainda alertar a população para a necessidade de aferição. “Os adultos devem medir a pressão com regularidade”, ressalta o diretor de Promoção da Saúde Cardiovascular da SBC, Weimar Sebba Barroso.
Durante toda a campanha, no mês de maio, a SBC reforçará a mensagem “Eu sou 12 por 8” para que a população conheça os níveis ideias de pressão arterial. O site www.eusou12por8.com.br traz explicações básicas sobre a doença: o que é, quais as causas, os níveis ideais, prevenção e tratamento. Além de 25 perguntas e respostas para as principais dúvidas.
“A conscientização sobre a Hipertensão tem que ser cada vez maior, principalmente por conta do aumento da expectativa de vida”, diz o presidente do Departamento de Hipertensão da SBC, Eduardo Barbosa. A 7ª Diretriz mostrou uma associação direta e linear entre envelhecimento e prevalência da Hipertensão. Na última década, o número de idosos aumentou de 6,7% para 10,8% e uma análise de uma série de estudos com 13.978 idosos revelou que 68% deles tinham pressão alta. “Sem tratamento, essas pessoas podem ter um infarto, um derrame ou complicações renais, às vezes, irreversíveis”, completa Eduardo Barbosa.

Compartilhar em: