#Vagatomia | CERCO SE FECHA PARA O MEC

 

A Polícia Federal de Jales vai entrar para a história da medicina no Brasil, com a operação Vagatomia. Os responsáveis pela ação também suspeitam da inércia do MEC diante das denúncias sobre o esquema bilionário de fraudes na revalidação de diplomas no Brasil, fortemente alertada pela AMB.

Como mostram trechos da Petição Criminal 1727, referente à Vagatomia e disponibilizada em PDF pela reportagem do Estadão, o juiz federal Bruno Valetim Barbosa, que autorizou as prisões na semana passada, afirmou que a Universidade Brasil:

“…possivelmente corrompeu servidores do MEC para que não dessem andamento a fiscalizações que competiam ao órgão, após comunicação do MPF sobre a recomendação expedida no inquérito civil (já que a Pasta sequer respondeu o ofício encaminhado pelo Parquet)”.

Leia a reportagem do Estadão: https://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/pf-suspeita-de-que-universidade-brasil-contratou-consultoria-de-ex-diretor-do-mec-por-facilidades-na-pasta/

Compartilhar em: