Tag Archives: Infectologia

WEBINAR AMB E ASMEA: TRATAMENTO MEDICAMENTOSO

O médico Infectologista Hélio Bacha, membro do Comitê Covid-19 da AMB, representante da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), fará uma palestra sobre “Tratamento Medicamentoso”, no webinar “Atenção médica em tempos de Covid-19 – o que nós aprendemos”, que será realizado pela AMB e pela Associação Médica Angolana (Asmea), no dia 10 de novembro.

O webinar internacional será realizado as 11h, horário de Brasília, e às 15h, horário da Angola. Acesse o link www.amb.webinario.online e faça sua inscrição.

#AMB #Asmea #Covid19 #Pandemia #Webinar #Coronavirus

SBI ATUALIZA ORIENTAÇÕES SOBRE CORONAVÍRUS

Diante das inúmeras dúvidas que surgem sobre a infecção pelo coronavírus, a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) divulgou uma nova nota informativa. O documento possui perguntas e respostas que visam esclarecer profissionais da área da saúde e o público em geral sobre a pandemia de COVID-19.

O documento pode ser acessado em aqui.

PROTOCOLOS DE SAÚDE SOBRE CORONAVÍRUS

Com a confirmação do primeiro caso do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil, uma série de questionamentos vem à tona, inclusive, entre os profissionais de saúde. Mais do que nunca, seguir os protocolos corretos é fundamental para evitar que a doença se espalhe pelo país.

Algumas perguntas, como materiais necessários para prevenção e notificação, como identificar casos suspeitos, medidas de controle do ambiente assistencial, protocolos de transporte de infectados e cuidados com a saúde do médico estão respondidas em documentos disponibilizados pelo Ministério da Saúde. Acesse aqui

Os documentos reúnem informações sobre atendimento a pessoas com suspeita de infecção pelo novo coronavírus na Atenção Primária à Saúde (APS); fluxo de atendimento na APS; e protocolo de manejo clínico para lidar o com o vírus.

CÂMARA APROVA PL DE COMBATE AO CORONAVÍRUS

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (4) o Projeto de Lei que estabelece medidas de enfrentamento ao coronavírus, a serem adotadas pelas autoridades sanitárias brasileiras. A proposta prevê isolamento, quarentena e fechamento de portos, rodovias e aeroportos para entrada e saída do País. O texto do PL 23/20 será apreciado ainda nesta quarta-feira (5) pelo Senado, com previsão para ser votado ainda hoje.

Até o momento, o Brasil não registrou casos de contágio da doença. As primeiras pessoas a serem submetidas à quarentena são brasileiros residentes na região de Wuhan, na China, cuja repatriação será iniciada hoje. Mais detalhes do PL disponíveis no site da Câmara dos Deputados.

A Associação Médica Brasileira (AMB) cumprimenta os parlamentares pela sensibilidade e agilidade em relação à aprovação do PL que é de grande importância para a população brasileira.

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

 

NÃO CAIA EM FAKE NEWS SOBRE CORONAVÍRUS

A epidemia do novo coronavírus (2019-nCoV) tem provocado a disseminação de uma série de notícias falsas sobre o tema nas redes sociais. Apesar da preocupação, especialistas garantem que não há motivo para pânico no Brasil.

Para evitar a disseminação de fake news sobre o novo coronavírus, o Ministério da Saúde e o Twitter Brasil se uniram para esclarecer as dúvidas dos brasileiros. Agora, o usuário que buscar informações sobre a doença na rede social receberá uma notificação para acessar o site do ministério. Quem digitar “coronavírus” ou “novo coronavírus” no campo de busca do Twitter verá a seguinte mensagem: “Para garantir que você tenha as melhores informações sobre o novo coronavírus, recursos do Ministério da Saúde estão disponíveis”.

No texto há dois links: o “Saiba mais” redireciona o usuário para a página oficial do Ministério da Saúde sobre o coronavírus; e o “Ministério da Saúde” leva ao perfil do órgão no Twitter.

É possível acessar o serviço de combate a fake news do Ministério da Saúde pelo site http://www.saude.gov.br/fakenews/coronavirus ou pelo Whatsapp (61) 99289-4640. Qualquer cidadão pode enviar gratuitamente mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação é verídica, antes de compartilhar o conteúdo.

A Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), em parceria com a AMB, também disponibilizou um documento para esclarecer dúvidas sobre o novo Coronavírus (2019-nCoV). O documento atualizado pode ser acessado no site da AMB.

 

OMS DECLARA EMERGÊNCIA GLOBAL:CORONAVÍRUS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou, nesta quinta-feira (30), emergência de saúde pública de interesse internacional pelo surto do novo coronavírus. A decisão foi tomada após uma reunião, em Genebra (Suíça), entre especialistas e os governos dos países afetados. Identificado pela primeira vez em dezembro, na China, o vírus já infectou mais de 7,8 mil pessoas, das quais 170 morreram.

Já são 18 nações além da China com registros da infecção. Em três delas (Alemanha, Japão e Vietnã), o vírus contaminou pessoas que não estiveram em território chinês, o que indica transmissão interna nesses locais, cenário que aumenta o risco de propagação global. No Brasil ainda não há casos confirmados de coronavírus, mas o Ministério da Saúde investiga pelo menos nove possíveis infecções em seis estados brasileiros.

A entidade alerta que não há necessidade de restrição de viagens e nem de comércio. A OMS solicita que os países adotem medidas fortes para detectar a doença precocemente, isolar e tratar casos, rastrear contatos e promover medidas de distanciamento social compatíveis com o risco. Além disso, todas as nações são legalmente obrigadas a compartilhar dados completos com a OMS, de acordo com o Regulamento Sanitário Internacional (RSI 2005). Um aconselhamento técnico está disponível no site da entidade.

A OMS orienta as grandes nações a fornecer apoio a países de baixa e média renda para permitir sua resposta a esse evento, bem como facilitar o acesso a diagnósticos, vacinas em potencial e terapêuticas.

Em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (30), no Ministério da Saúde, o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, informou que o Brasil vai avaliar as orientações da OMS e, caso necessário, adotará medidas no país.

INFORME SOBRE NOVO CORONAVÍRUS

A Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) reuniu em um documento as principais perguntas e respostas sobre o novo Coronavírus, que surgiu na China e tem colocado o mundo todo em alerta. A ideia é esclarecer as dúvidas de profissionais da saúde e do restante da população sobre o assunto.

Passe para o lado e veja algumas questões respondidas no material.

O documento completo (atualizado pela SBI em 06/02) pode ser acessado aqui.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE INFECTOLOGIA TEM NOVA DIRETORIA

 

O médico infectologista Clóvis Arns da Cunha é o novo presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI). O curitibano estará à frente da entidade até 2021 e assume o posto deixado por Sergio Cimerman, presidente da SBI por dois mandatos. Clóvis possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Paraná (1987), mestrado em Medicina Interna pela Universidade Federal do Paraná (1994) e Medical Fellow Specialist in Infectious Diseases – University of Minnesota (1995). Tem experiência na área médica com ênfase em Doenças Infecciosas e Parasitárias.

Clóvis Arns da Cunha, novo presidente da SBI

Prestes a completar 40 anos de existência, a SBI reafirma seu espírito democrático, com o compromisso de aglutinar os especialistas em Infectologia em um ambiente de colaboração e informação em prol de toda a sociedade.

Lincoln Ferreira, presidente da AMB, parabeniza a nova gestão e abre as portas da AMB para contribuir com o avanço da especialidade. “A união no associativismo médico é nossa maior força e tenho certeza que manteremos a afinidade com a nova diretoria da SBI para o desenvolvimento de projetos conjuntos que impactam médicos e pacientes”, destaca.

“A posse da nova diretoria também marca a continuidade do excelente trabalho desenvolvido ao longo dos anos pela SBI, com o desenvolvimento de ações importantes para o crescimento da especialidade”, destaca o vice-presidente da AMB, Diogo Sampaio.

Conheça a nova diretoria da SBI:

Presidente: Clóvis Arns da Cunha (PR) (foto);

Vice-Presidente: Alberto Chebabo (RJ);

1ª Secretária: Lessandra Michelim Rodriguez Nunes Vieira (RS);

2º Secretário: Antônio Carlos de Albuquerque Bandeira (BA);

1ª Tesoureira: Priscila Rosalba Domingos de Oliveira (SP)

2º Tesoureiro: Marcos Antonio Cyrillo (SP);

Coordenadora de Comunicação: Christiane Reis Kobal Perillo (GO);

Coordenador de Informática: Estevão Urbano Silva (MG);

Coordenador Científico: Sérgio Cimerman (SP).