AMB APRESENTA PROPOSTAS PARA SAÚDE NA REUNIÃO DO CONSELHO DELIBERATIVO DO HC

 

O presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Lincoln Ferreira, acompanhado do secretário-geral da associação, Antonio Jorge Salomão e do diretor científico, Antonio Carlos Chagas, esteve presente na Reunião do Conselho Deliberativo do Hospital das Clínicas em São Paulo na quarta-feira (4).

Lincoln foi convidado pelo Conselho do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP para apresentar as propostas para saúde que a associação levou ao novo governo federal.

Dr Giovanni Cerri, ex-diretor científico da AMB nas duas gestões anteriores e membro do conselho do HC, possibilitou o encontro que também abordou uma possível colaboração entre AMB e Hospital das Clínicas.

 

Na foto, Giovanni Guido Cerri,Dr. Jorge Salomão,  Lincoln Ferreira,  Antonio Carlos Chagas e o Prof. José Otávio Auler Jr.

MAYRA PINHEIRO NO COMANDO DO MAIS MÉDICOS:  CORREÇÕES PARA AS DISTORÇÕES DO PROGRAMA

 

 A médica pediatra cearense Mayra Pinheiro foi convidada pelo ministro da saúde do governo Jair Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta, para assumir a pasta de Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (STGES) que cuida do Programa Mais Médicos.

O anúncio oficial será na próxima semana, no entanto desde ontem a médica já está morando em Brasília. Sua visão de gestão para a saúde vai ao encontro com a do ministro, que também é médico, “Estou extremamente feliz com o convite, pois é um sonho realizado contribuir para um projeto de saúde pública com dignidade para população e para os profissionais”, explica.

A pediatra vê o cargo como uma oportunidade de ser um instrumento de Deus com seu conhecimento e ideais para poder entregar algo diferente e melhor na saúde para população brasileira.

Mayra continuará atuante na defesa da Carreira Médica de Estado, que, a longo prazo, possibilitará a permanência dos profissionais nas localidades atendidas, e permitirá condições como o deslocamento dos médicos com suas famílias para áreas remotas e piso salarial, da revalidação dos diplomas dos participantes do programa e pelo fim da abertura indiscriminada de escolas médicas no país a partir da lei que instituiu o Mais Médicos. A cearense recebeu mais de 882 mil votos na eleição de 2018 para o cargo de senadora.

Entre suas propostas de melhoria ao programa está a mudança  para “Mais Saúde”, que incluiria outros profissionais de saúde, como fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais  nas áreas mais distantes e carentes do Brasil, com recursos como da telemedicina para auxiliar em um atendimento mais ágil, que enxergue a saúde como um todo, onde os médicos das mais variadas especialidades ao redor do Brasil compartilhem seus conhecimentos sobre os casos atendidos pelo médico nas localidades do Programa Mais Médicos.

A Associação Médica Brasileira (AMB) vê com bastante entusiasmo a escolha de uma médica para ocupar um cargo tão importante no ministério. A AMB entende que Mayra possui todos os gabaritos necessário para chefiar a pasta e o programa, visto que é uma representante atuante da causa médica, lutando fortemente pela Frente Parlamentar da Medicina no Congresso, além de ter vasta experiência universitária e sindical na área.

O presidente da AMB, Lincoln Ferreira cumprimenta a futura secretária, “Mayra tem sido uma das figuras mais atuantes na defesa do médico e de uma boa medicina. Ela briga continuamente pela valorização do papel do médico e da saúde e é uma profissional de elevada ética e moral que certamente contribuirá muito para saúde brasileira no Ministério da Saúde”.

PRESIDENTE DA AMB PARTICIPA DO AVANT PREMIÈRE PORTFÓLIO SAÚDE EM SÃO PAULO

O presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Lincoln Ferreira, foi um dos convidados do coquetel de networking do evento “Avant Première Portfólio Saúde” realizado nesta terça-feira (4), no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo.

Estiveram presentes os dirigentes dos principais hospitais, operadoras, laboratórios, indústria e associações do Brasil, onde foram apresentadas as tendências de mercado e da saúde, Healthcare Business Unit (HBU), organizado pela UBM Brazil, parte do Grupo Informa PLC, responsável pelos eventos Hospitalar, Saúde Business Fórum e Healthcare Innovation Show (HIS).

Na foto, Dr. Lincoln com Ary Costa Ribeiro, superintendente de Serviços Ambulatoriais e Comercial do Hospital do Coração (SP) e Vice-presidente do Conselho da ANAHP, e Edson Rogatti, presidente da Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas.

PRESIDENTE DA ABM DEFENDE CARREIRA DE MÉDICO DE ESTADO

O jornal A Tarde abriu espaço para que o presidente da Associação Bahiana de Medicina (ABM) e 2° vice-presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Robson Moura, para falar sobre um assunto bastante questionado após a saída dos cubanos do programa Mais Médicos: “Como os médicos brasileiros podem mudar a saúde no Brasil”.

Além da certeza que os atuantes no programa são, de fato, médicos, ter brasileiros no Mais Médicos traz visibilidade para a questão da necessária carreira de Médico de Estado, que permitirá o deslocamento dos profissionais com suas famílias para áreas remotas do país, seguridade de um piso salarial e recebimentos do pagamentos.

Leia a matéria na íntegra:

 

DEZEMBRO LARANJA TRAZ ATENDIMENTOS E CONSCIENTIZAÇÃO NA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE PELE

O Dezembro Laranja, realizado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia desde 2014, tem o objetivo de estimular a população se prevenir e diagnosticar precocemente o câncer de pele, o mais incidente no Brasil.

O tema da campanha esse ano é “Se exponha, mas não se queime”, trocadilho usado entre exposição solar e nas redes sociais, com a intenção de atrair mais público para essa importante ação. Dentre as ações da SBD para 2018 estão a iluminação de monumentos, iniciativas de conscientização em praias e parques, com distribuição de filtro solar e exames preventivos gratuitos.

No último sábado, cerca de quatro mil médicos dermatologistas e voluntários se uniram num mutirão de exames preventivos e conscientização sobre a doença, na qual atenderam de forma gratuita nos estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiânia, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

Em relação à última estimativa (2016/2017) do Instituo Nacional do Câncer (Inca), esse ano a doença acometerá mais homens (85.170) do que mulheres (80.410). Além disso, o câncer de pele acomete 30% de todos os tumores malignos do Brasil e que a estimativa de câncer da pele não melanoma é de 165.580 novos casos.

A Associação Médica Brasileira veste laranja no mês de dezembro, mudando a cor de seu logo nas redes sociais, em sintonia com a ação da SBD.

Foto: Divulgação da Sociedade Brasileira de Dermatologia

NEUROCIRURGIA OFERTA APOIO AO PROGRAMA MAIS MÉDICOS

A Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN), em parceria com a Associação Pense Bem Brasil, se coloca à disposição do programa Mais Médicos e do Ministério da Saúde para dar apoio aos médicos que integrarão o programa.

Estas duas entidades colocarão à disposição do Ministério da Saúde um canal de comunicação para esclarecimentos de eventuais dúvidas, denominado “Disk Neuro Médicos do Brasil” e oferecerá um programa de educação continuada com temas neurológicos através de webinar para educação continuada dos médicos da atenção básica brasileira.

O objetivo é contribuir com a breve reposição de profissionais e que esses recebam suporte para que possam atender e encaminhar devidamente os pacientes, trazendo maior eficiência e resolutividade aos atendimentos.

Os coordenadores e médicos do Programa Mais Médicos poderão entrar em contato através do e-mail: maismedicos@sbn.com.br ou do telefone (11) 3051-6075.

As entidades também aguardam o agendamento de uma audiência no Ministério da Saúde para organizar uma contribuição ainda mais direta e eficiente.

Para o presidente da SBN, Ronald de Lucena Farias, o momento é de colaboração. “Decidimos não esperar um chamamento do governo. Estamos ofertando uma parceria e ajuda independente de qualquer viés político ou partidário. O objetivo dos neurocirurgiões brasileiros e das Sociedades é assegurar que todos os médicos do programa tenham acesso a esse suporte e ganhem mais segurança para rapidamente absorver as demandas da população e minimizar o impacto das dificuldades do acesso ao Sistema Único de Saúde (SUS). Queremos somar e fazer parte da solução”, destaca o presidente.

CNRM PUBLICA MATRIZES DE COMPETÊNCIAS DOS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA

Estão publicadas as Matrizes de Competências dos Programas de Residência Médica. As matrizes aprovadas contaram com um amplo trabalho das sociedades de especialidade, representadas na Comissão Nacional de Residência Médica pela Associação Médica Brasileira, através de José Luiz Bonamigo, 2º. Tesoureiro, e Diogo Leite Sampaio, vice-presidente da AMB.

 

A Associação Nacional dos Médicos Residentes tem assento CNRM, com seu presidente Juracy Barbosa, o que contribui para que seja valorizada a visão dos futuros especialistas sobre o processo, já que o vivenciam no dia-a-dia.

 

Para Bonamigo “é uma vitória para todas as entidades envolvidas, pois as Matrizes de Competências norteiam o desenvolvimento dos programas de Residência Médica e muitos estavam carecendo de atualização, pois no mundo da ciência constantemente são incorporadas novas tecnologias e novas abordagens, exigindo uma adequação nos programas de formação”.

 

Veja a publicação: http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=71531

A ACADEMIA NACIONAL DE MEDICINA REALIZA O SIMPÓSIO ENSINO MÉDICO

 

Aconteceu hoje, 29 de novembro, na sede da Academia Nacional de Medicina, localizada no Rio de Janeiro, o Simpósio Ensino Médico. A instituição científica cultural mais antiga do Brasil convidou o presidente da Associação Médica Brasileira, Lincoln Lopes Ferreira, para coordenar o simpósio e também ser palestrante.

 

Temas de grande interesse à classe médica foram abordados, como o ensino médico público e privado, as escolas médicas e seus processos de criação no Brasil, análise crítica da residência médica, incluindo os meios de vigília para qualidade médica, assunto apresentado pelo presidente da AMB.

Em tempos de mudança da medicina brasileira, o Simpósio realizado pela ANM se faz ainda mais necessário. Quando há defasagem no ensino médico, não apenas a classe médica perde, mas principalmente a população brasileira no geral. “É com um sentimento de felicidade que participo da qual considero uma importante realização da Academia Nacional de Medicina. É gratificante estar com os colegas para debater assuntos que dizem respeito ao futuro da medicina do nosso país”, concluí Lincoln Lopes Ferreira.

Na foto: Acadêmicos Mário Barreto Correa Lima, José Galvão Alves, Jorge Alberto Costa e Silva e o presidente da AMB, Lincoln Lopes Ferreira.

Foto: Fernando Antônio Gomes de Andrade – Diretor Cultural da AMB.