NOTA DE PESAR

A Associação Médica Brasileira lamenta profundamente o falecimento do médico Roberto Kunimassa Kikawa, de 48 anos, ocorrido no último sábado durante um assalto quando foi baleado, não resistindo aos ferimentos e vindo a óbito.

O gastroenterologista Kikawa fundou o Cies Global em 2008, com o objetivo de levar atendimento médico especializado às regiões mais periféricas. Venceu o Prêmio Empreendedor Social 2010 pela inovação de unidades móveis e realizações de exames em carretas.

Seu modelo de atendimento com unidades móveis de exames em carretas, com atuação no SUS, serve de inspiração e ficará com um grande legado à saúde.

Nossas condolências e solidariedade à família e amigos do colega.

SBA ELEGE NOVA DIRETORIA PARA EXERCÍCIO 2019

A Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA) elegeu no último domingo, dia 11/11, nova diretoria para exercício em 2019, durante o 65º Congresso Brasileiro de Anestesiologia, que está sendo realizado até o próximo dia 14/11 em Belém do Pará. A Chapa 1 conquistou, entre votos online e presenciais, o total de 2062 votos, enquanto a Chapa 2 recebeu 1535 votos. Ainda houve 129 votos nulos e 62 votos brancos.

O novo presidente da SBA é Erick Freitas Curi (ES), que terá na sua diretoria como Diretor Vice-presidente, Rogean Nunes; Diretor Secretário Geral, Gualter Ramalho; Diretor Administrativo, Marcos Albuquerque; Diretor Financeiro, Augusto Takaschima; Diretora Científica, Maria Ângela Tardelli; Vice-Diretora Científica, Ana Cristina Pinho; e Diretor de Defesa Profissional, Heber Penna.

“Desejamos muito sucesso à nova Diretoria da Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA), e nos colocamos à inteira disposição para colaborar no que for necessário na AMB, no sentido de avançar nos objetivos e nas conquistas dos médicos, da medicina e da própria SBA”, declarou o Diogo Sampaio, vice-presidente da AMB, que está representando a AMB no 65º Congresso Brasileiro de Anestesiologia.

Também foi eleito o Conselho Fiscal, que teve chapa única inscrita, composta por Luiz Bomfim Pereira da Cunha (RJ), como titular, e Helton José Bastos Setta (RJ), como suplente. O Conselho fiscal tem mandato de três anos (2019 a 2021).

EFICIÊNCIA É TEMA DO 6º CONAHP

O presidente da AMB, Lincoln Ferreira, participou da cerimônia de Abertura do 6º CONAHP – Congresso Nacional de Hospitais Privados, que acontece nos dias 07,08 e 09 de novembro, em São Paulo, realizado pela Anahp.

O Congresso é o principal evento do setor hospitalar do Brasil e reúne importantes nomes da saúde. O ministro da saúde, Gilberto Occhi, também esteve presente ao evento.

A Anahp (Associação Nacional de Hospitais Privados) neste ano trouxe como tema do CONAP “Eficiência: Como o combate ao desperdício irá transformar o sistema de saúde”.

MAIS DE 100 NOVAS DIRETRIZES MÉDICAS NO SITE DA AMB EM SEIS MESES

De maio a novembro de 2018, foram inseridas 102 Diretrizes Médicas no site da AMB, http://diretrizes.amb.org.br/. Nesse período, outras 37 foram alteradas. O processo vem sendo periodicamente atualizado e ampliado com a incorporação de novas diretrizes.

A AMB elabora, desde 2000, as Diretrizes Médicas baseadas em evidências científicas com o intuito de padronizar condutas e auxiliar o médico na decisão clínica de diagnóstico e tratamento. As Sociedades de Especialidade filiadas à AMB são responsáveis pela elaboração do conteúdo informativo e do texto da diretriz.

São objetivos do Projeto Diretrizes: conciliar informações da área médica a fim de padronizar condutas que auxiliem o raciocínio e a tomada de decisão do médico, dar orientações diagnósticas terapêuticas e, quando aplicável, preventivas baseadas em evidências científicas, apresentar grau de recomendação e a força de evidência científica, e preservar a autonomia dos médicos.

FOZ DO IGUAÇU RECEBE O XXXV CONGRESSO BRASILEIRO DE CIRURGIA PEDIÁTRICA

A Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica realiza de 05 a 09/11 o XXXV Congresso Brasileiro de Cirurgia Pediátrica, VI Congresso Brasileiro de Cirurgia Pediátrica Video-assistida e XXI Congresso Brasileiro de Urologia Pediátrica na cidade de Foz de Iguaçu, no Paraná.

Lincoln Ferreira presidente da AMB participou da mesa de abertura do evento que conta com palestrantes de renome nacional e internacional.

“Muito nos honra participar de um evento tão importante, pois a criança tem peculiaridades específicas para o diagnóstico e para a eleição do tratamento. Quando se trata de cirurgia cuidados diferenciados tanto no plano quanto na realização e pós operatório, com cuidados distintos dos que se tem com um adulto. Promover a constante atualização profissional é uma dos maiores bens das sociedades de especialidades”, comenta Lincoln, que elogia a organização do evento, elogiando a iniciativa e a realização de João Vicente Bassols, presidente da Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica também foi presidente da comissão organizadora do Congresso.

SEPARAÇÃO DE SIAMESAS EM RIBEIRÃO PRETO: CASO RARO NO MUNDO E INÉDITO NA AMÉRICA LATINA

 

A cirurgia final de separação das siamesas Maria Ysabelle e Maria Ysadora ocorreu no Hospital das Clínicas da USP de Ribeirão Preto e contou com a liderança do professor chefe do Departamento de Neurocirurgia Pediátrica, o neurocirurgião Hélio Machado, e uma equipe multidisciplinar de mais 30 profissionais entre neurocirurgiões, cirurgiões plásticos, neurorradiologistas, anestesistas, pe¬diatras intensivistas e enfermeiros.

O procedimento total de separação das irmãs foi realizado em cinco etapas, em cirurgias que ocorreram entre 17/2 e 7/10.

O procedimento, separação de gêmeos craniópagos, que é raro no mundo e inédito no Brasil e América Latina, contou com o apoio do médico norte-americano James Tait Goodrich, que na última cirurgia trouxe colegas da equipe do Montefiore Medical Center de Nova York para acompanhar o procedimento. Goodrich é o principal especialista em separação de siameses do mundo

https://noticias.r7.com/saude/siamesas-separadas-estao-bem-elas-tecnicamente-nao-se-conhecem-31102018

PRESIDENTE DA AMB É ELEITO 1º. VICE-PRESIDENTE DA CONFEMEL

 

 

Lincoln Ferreira foi eleito 1º. Vice-presidente ao lado de Anibal Cruz Senzano, do Colégio Médico da Bolívia, como presidente, na XX Assembleia Geral Ordinária da Confederação Médica Ibero-Latina-Americana e do Caribe, que acontece em Santa Cruz de La Sierra, Bolívia (31/10 a 02/11).

A CONFEMEL foi presidida no último ano por Florentino Cardoso, ex-presidente da AMB, que contou com Lincoln e Diogo Sampaio, vice –presidente da AMB, na Comissão Fiscal.

“Estou muito honrado com a confiança dos colegas dos países aqui representados. Na união de nossas forças, médicos de diversas regiões tem buscado compartilhar as dificuldades para buscar soluções para problemas comuns e força para enfrentar e os problemas mais localizados, como tem sido o caso da Nicarágua ”, comentou Lincoln.

“Faz 20 anos que foi criada a CONFEMEL na Bolívia, e depois de 20 anos a Bolívia assume esse desafio. Para o Colégio Médico de Bolívia e para mim, como profissional de ter chegado a essa responsabilidade é um compromisso de vocação de serviço, onde nos comprometemos em trabalhar para que num futuro próximo tenhamos uma melhor saúde para os nossos cidadãos em nossos países”, declarou Anibal.

Débora Cavalcanti, Diretora de Assuntos Parlamentares da AMB, esteve pressente, “É motivo de muito orgulho vermos o presidente de nossa entidade ser reconhecido internacionalmente, fruto de seu trabalho na própria Confemel e à frente da AMB, primeiro como vice-presidente e agora como presidente”.

PRESTAÇÃO DE CONTAS E ORÇAMENTO SÃO APROVADOS EM ASSEMBLEIAS

PRESTAÇÃO DE CONTAS E ORÇAMENTO SÃO APROVADOS EM ASSEMBLEIAS

 

O Relatório Anual da Diretoria da AMB e a prestação de contas da atual diretoria, incluindo o relatório de auditoria e o balanço patrimonial, foram aprovados nesta terça-feira (30/10) na Assembleia Ordinária de Delegados da AMB e logo após, por unanimidade, na Assembleia Geral da AMB. Também foi aprovada a proposta orçamentária para o exercício de 2019, assim como o valor da contribuição associativa no valor de R$ 24,50 ao mês. As reuniões aconteceram na sede da Associação Médica de Minas Gerais.

CARTA ABERTA AO PRESIDENTE ELEITO JAIR BOLSONARO

 

CARTA ABERTA AO PRESIDENTE ELEITO JAIR BOLSONARO

Em nome dos médicos brasileiros, a Associação Médica Brasileira (AMB) parabeniza Jair Messias Bolsonaro pela vitória nas eleições para a Presidência da República. O resultado do pleito mostrou o anseio da nação por uma mudança que honre nosso País, por democracia, por transparência e por alternância no poder.

O desafio agora é colocar em prática as promessas de campanha e viabilizá-las. Muitas delas estão em consonância com o que pensa e propõe a AMB há muito tempo.

A Carreira de Médico de Estado, por exemplo, é fundamental para levarmos bons médicos para os locais de difícil provimento. Também é crucial para a saúde da população que ela seja atendida por médicos bem formados no Brasil ou no exterior. Por isso, seu compromisso em tornar o Revalida obrigatório é tão bem visto pela medicina brasileira, que também apoia fortemente a criação do Exame Nacional Obrigatório de Proficiência em Medicina para os médicos formados no País. O exame é a única forma de evitar que as escolas caça-níqueis prejudiquem ainda mais o atendimento ao cidadão, principalmente aquele que depende do sistema público e não pode escolher os profissionais que lhe dão assistência.

Já existe legislação específica para fiscalizar e punir as escolas médicas que não atendem aos padrões exigidos para que funcionem e formem bons médicos, mas infelizmente, nunca houve vontade e coragem para enfrentar os interesses políticos e econômicos dos que se beneficiam da abertura indiscriminada de escolas de medicina.

Da mesma forma, compartilhamos sua indignação a respeito do envio de quase 16,5 bilhões reais para Opas e para a ditadura cubana. Recursos em volumes maiores do que o Ministério da Saúde efetivamente executa na rubrica de investimentos na saúde, conforme SIAFI: menos de 2,9 bilhões de reais em 2017. O sistema que já é subfinanciado, fica mais sucateado. O ambiente caótico e mal gerido oportuniza o surgimento de mais corrupção. Contamos, Excelentíssimo Presidente, com sua determinação contra este grande mal, que também afeta esta importante área da saúde brasileira.

A valorização da educação médica continuada, com atualização de quem já está no mercado, também precisa ser uma bandeira na área da saúde. Assim como a especialização médica, não só nas áreas de altíssima complexidade e urgência, mas também na atenção básica à saúde, onde podemos resolver até 80% dos males que atingem a população.

A saúde é o segundo maior orçamento do governo federal. Por isso mesmo é sempre disputada avidamente na hora do loteamento político da máquina pública. O resultado disso são as filas, a ineficiência, a falta de remédios e de leitos, os escândalos de corrupção e o pior de tudo: as mortes evitáveis.

As agências reguladoras da saúde também foram aparelhadas e hoje trabalham em prol dos interesses de oligopólios, em prejuízo do paciente e do médico. É preciso desregulamentar o setor, garantindo novos investimentos, inovação e competição.

Por estarem na linha de frente da saúde, os médicos têm sido escolhidos como bode expiatório do sistema, como se fossem os culpados por todas as mazelas da saúde pública. Há uma grande esperança de que este quadro mude e que o médico brasileiro volte a ser valorizado e respeitado. O loteamento político e as preferências ideológicas não podem mais influenciar a condução do Ministério da Saúde e das agências reguladoras.

Sabemos que reorganizar e reconstruir o que foi sucateado pelos governos anteriores não serão tarefas fáceis. Mas, tenha certeza de que poderá contar com os médicos brasileiros para isso. Conte com a Associação Médica Brasileira (AMB), com as 27 Federadas da AMB e com as 54 Sociedades de Especialidade que compõem o nosso sistema.

Foi confiada à Vossa Excelência a condução de nosso País a um novo patamar. Como cidadãos e como médicos, faremos a nossa parte para ajudar nesse sentido. Desejamos muita saúde e sucesso nesta caminhada. Boa sorte. Bom governo. O Brasil precisa disso.

Diretoria da Associação Medica Brasileira

NOVA FRENTE PARLAMENTAR DA MEDICINA

O deputado Hiran Gonçalves tem tido grande e importante atuação em prol da medicina e da saúde brasileira.

Temos grandes desafios a partir de janeiro e precisamos do apoio de senadores e deputados comprometidos com as causas da medicina e da saúde. Esperamos poder contar com a liderança dele nesta nova legislatura, principalmente na reformulação da Frente Parlamentar da Medicina.