AMBr CELEBRA 60 ANOS

Antes mesmo que Brasília fosse constituída como Capital Federal, a classe médica local já se mobilizava para atender às demandas de saúde de uma cidade em desenvolvimento. Não por acaso, a Associação Médica de Brasília (AMBr), que completou 60 anos nesta quarta-feira (6), nasceu um ano antes da fundação oficial da cidade. Desde o início, a entidade assumiu o papel de congregar os médicos que chegavam de diversos pontos do país e garantir o futuro da medicina no Distrito Federal.

Para lembrar a trajetória marcante da associação, que teve como primeiro presidente de honra o ex-chefe da república e médico Juscelino Kubitschek de Oliveira, a comunidade médica de Brasília se reuniu ontem (6) em uma sessão solene, com direito à apresentação da Orquestra Sinfônica.

O presidente da AMBr, Dr. Ognev Cosac, destaca que é preciso celebrar o passado e olhar para o futuro com a certeza de que a entidade tem muito a contribuir para a evolução da atividade médica no Distrito Federal. “Tenho uma satisfação muito grande em presidir a AMBr, que é uma entidade sólida, autossustentável economicamente e que possui uma sede maravilhosa. Nosso objetivo é preservar essa história e fazer com que isso se perpetue”, acrescenta.

Legado representativo

O presidente da AMB, Dr. Lincoln Lopes Ferreira, participou da solenidade e destacou a importância da AMBr para o progresso da medicina no Distrito Federal. “Desde a fundação, a AMBr é sinônimo de credibilidade e sempre teve um papel fundamental na conquista de avanços inerentes à medicina local, especialmente nas questões científicas. O desenvolvimento de uma comunidade médica forte, representativa e unificada em Brasília é fruto do trabalho dedicado de todos que já passaram pela entidade”, reforça.

O Dr. José Luiz Dantas Mestrinho Mestrinho, vice-presidente da região Centro-Oeste da AMB, ex-presidente e atual conselheiro fiscal da AMBr, foi um dos homenageados na sessão solene. “A AMBr criou em Brasília um grande espírito de participação, seguindo exatamente o que está na essência da palavra associação. Tive a oportunidade de fazer parte desse grupo como presidente e de contribuir para a criação do setor de prática esportiva da entidade e da estrutura de lazer, que é amplamente utilizada pelos associados”, destaca Dr. Mestrinho.

Mais comemorações
Além da sessão solene e do coquetel, as comemorações dos 60 anos da AMBr continuam com a realização de um seminário do Programa de Educação Continuada (PEC) da AMBr, com o tema “Tecnologia e a Vida – A Ética dessa Relação”, marcado para 8 e 9 de fevereiro; e com Baile de Gala e churrasco comemorativos para associados.

CARTA AOS MÉDICOS DO AMAZONAS

 

A Associação Médica Brasileira (AMB) declara total apoio aos colegas médicos do Amazonas, diante da inaceitável situação que vivem atualmente, com atrasos na remuneração superiores a três meses.

A classe médica é uma categoria trabalhadora e que deve ter garantido o seu pagamento, assim como as demais categorias da saúde. Todo profissional tem seus compromissos financeiros e sem a justa remuneração não consegue honrá-los.

A AMB está à disposição para, em conjunto com as lideranças médicas do Estado, fazer o que for necessário para tenhamos uma solução para este problema. Se for o caso, levando a questão para o Ministério Público.

Além disso, para médio e longo prazo, precisamos tratar o assunto de uma maneira mais estrutural, estabelecendo as condições para que os médicos trabalhem com tranquilidade e garantias de que receberão pelos serviços prestados. Para isso, iremos pautar o tema para a reunião ordinária de março das lideranças nacionais das entidades médicas.

Atenciosamente,

Lincoln Lopes Ferreira
Presidente da Associação Médica Brasileira

Antônio J. Salomão
Secretário-Geral da Associação Médica Brasileira

Veja a carta

AMB RECEBE VISITA DE DIRETORES DA FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE GASTROENTEROLOGIA (FBG)

Representantes da Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG), filiada à AMB, estiveram visitando a sede da Associação Médica Brasileira (AMB), no último dia 01/02.

Foram recebidos pelo presidente da AMB, Lincoln Lopes Ferreira (ao centro na foto), os diretores da FBG: Aureo de Almeida Delgado (à direita na foto), vice-presidente, e Decio Chinzon, secretário (à esquerda).

Foram tratados vários assuntos importantes e de interesse dos médicos, da saúde e da medicina, entre eles sobre diretrizes e educação continuada.

I FÓRUM DE PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA NO MARANHÃO

A Associação Médica Brasileira (AMB) parabeniza as entidades: Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Maranhão, Sociedade de Puericultura e Pediatria do Maranhão, Conselho Regional de Medicina do Maranhão, pela realização do I Fórum de Prevenção da Gravidez na Adolescência no Maranhão com o tema: “Quem não conhece, não previne”. A AMB também cumprimenta a Sociedade Brasileira de Pediatria por apoiar este importante evento.

Acreditamos que eventos como esse podem ajudar muito na conscientização de tão importante tema, com o objetivo de disseminar informações sobre medidas preventivas e educativas, que possam contribuir para reduzir a incidência da gravidez na adolescência.

FÓRUM: A PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA EM VISÃO AMPLIADA

 

A Associação Médica Brasileira (AMB) parabeniza a Sociedade de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro e o Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro pela iniciativa de realizar o Fórum: A Prevenção da gravidez na adolescência em visão ampliada.

Cumprimentamos as entidades por promoverem tão importante evento com o objetivo de disseminar informações sobre medidas preventivas e educativas, que possam contribuir efetivamente para reduzir a incidência da gravidez na adolescência.

AMB APOIA I FÓRUM CATARINENSE DE PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

A Associação Médica Brasileira (AMB) apoia o I Fórum Catarinense de Prevenção da Gravidez na Adolescência e cumprimenta as entidades médicas realizadoras do evento, com o objetivo de disseminar informações sobre medidas preventivas e educativas, que possam contribuir para reduzir a incidência da gravidez na adolescência.

Nossos parabéns, pela importante iniciativa, para: Associação Catarinense de Medicina, a Sociedade Catarinense de Pediatria, a Associação Catarinense de Medicina da Família e Comunidade, a Associação de Obstetrícia e Ginecologia de Santa Catarina, a Sociedade Brasileira de Obstetrícia e Ginecologia da Infância e Adolescência, e o Conselho Regional de Medicina.

AMB APOIA I FÓRUM MINEIRO DE PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

A Associação Médica Brasileira (AMB) apoia o I Fórum Mineiro de Prevenção da Gravidez na Adolescência, e parabeniza a Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), a Sociedade Mineira de Pediatria, a Associação de Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerais (SOGIMIG), e o Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM MG), pela realização do evento.

A AMB acredita que iniciativas como estas, com o objetivo de disseminar informações sobre medidas preventivas e educativas, podem contribuir para reduzir a incidência da gravidez na adolescência.

AMB APOIA NOTA DE REPÚDIO DA AMB-RO SOBRE MORTE DE MÉDICO EM RONDÔNIA

A Associação Médica Brasileira (AMB) apoia integralmente a Nota de Repúdio e Pesar divulgada pela sua federada de Rondônia, AMB-RO, manifestando toda sua indignação com o ato de covardia e violência praticado contra o médico Roberval Ferraz de Lima, que veio a falecer nesta quinta-feira, dia 20/12, por morte encefálica, em decorrência de traumatismo craniano. A AMB também se solidariza com a família do nosso colega e cobra ações imediatas das autoridades de segurança pública de Rondônia para que seja feita uma investigação eficiente para elucidação do caso e também para que a Justiça possa punir os agressores.

Leia a Nota da AMB-RO: http://amb-ro.org.br/nota-de-repudio-e-pesar/

PRESIDENTE DA ABM DEFENDE CARREIRA DE MÉDICO DE ESTADO

O jornal A Tarde abriu espaço para que o presidente da Associação Bahiana de Medicina (ABM) e 2° vice-presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Robson Moura, para falar sobre um assunto bastante questionado após a saída dos cubanos do programa Mais Médicos: “Como os médicos brasileiros podem mudar a saúde no Brasil”.

Além da certeza que os atuantes no programa são, de fato, médicos, ter brasileiros no Mais Médicos traz visibilidade para a questão da necessária carreira de Médico de Estado, que permitirá o deslocamento dos profissionais com suas famílias para áreas remotas do país, seguridade de um piso salarial e recebimentos do pagamentos.

Leia a matéria na íntegra:

 

MÉDICOS SÃO HOMENAGEADOS POR SUAS SOCIEDADES EM ALAGOAS

A federada de Alagoas, Sociedade de Medicina de Alagoas, indicou Lincoln Ferreira, presidente da AMB, por decisão unânime da Diretoria e com a anuência de expressivo grupo de colegas da região. O evento para entrega dos símbolos da homenagem (placa e diploma) aconteceu no auditório do Cremal, no dia 20/10, dentre as atividades da Semana do Dia do Médico.

Os agraciados foram escolhidos pelas sociedades da região, cada uma indicando três personagens : Conselho Regional de Medicina de Alagoas – Cremal, o Sindicato dos Médicos de Alagoas – SINMED/AL, a Sociedade de Medicina de Alagoas – SMA, a Sociedade Brasileira de Médicos Escritores – Sobrames e a Academia Alagoana de Medicina – AAM.

Para Fernando Antonio Gomes de Andrade, presidente da SMA a homenagem a Lincoln tem um significado especial “Homenagear Lincoln é homenagear a AMB e assim a homenagem se estende a todos os médicos”.