19ª CAMPANHA NACIONAL DA VOZ OCORRE EM 16 DE ABRIL NO PARQUE DO POVO, EM SÃO PAULO

A Campanha Nacional da Voz tem como objetivo primordial conscientizar a população sobre os cuidados necessários em relação ao sistema vocal, já que um problema de voz reflete muito mais que uma simples dificuldade na produção do som básico para a fala, podendo interferir na própria habilidade de se comunicar. Celebrado em 16 de abril, o evento será realizado no Parque do Povo, em São Paulo, das 9h às 17h, e conta com diversas atrações para despertar o interesse do público.

Neste ano, entre outras atividades, está confirmada a presença de artistas circenses, desafio de Beat Box, cabine de Karaokê e uma laringe gigante, que sempre chama muito a atenção de adultos e crianças. “Trata-se de uma superestrutura inflável em formato de boca imensa. Os visitantes, que podem entrar nela, conferirão os principais elementos da boca e da laringe, como dentes, língua, amígdalas, úvula e cordas vocais”, detalha o otorrinolaringologista Dr. Gustavo Korn, coordenador do evento.

O especialista detecta que, muitas vezes, as pessoas não levam a sério problemas apresentados na voz, que é a principal ferramenta de comunicação do ser humano. “Por meio de ações de orientação e conscientização, a campanha promove um processo de sensibilização permanente em relação aos cuidados com a voz. Ela tem papel fundamental na informação constante da sociedade sobre os cuidados necessários com o sistema vocal”, alerta o médico.

O evento é organizado, em parceria, pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) e pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). “Realizada desde 2003, a campanha é a ação social de maior tradição da Otorrinolaringologia brasileira, promovendo projetos integrados em países como EUA, Espanha, Portugal, Bélgica, Suíça, Itália, Argentina, Chile, Venezuela e Panamá”, finaliza Dr. Gustavo Korn.

Serviço
O que: 19ª Campanha Nacional da Voz;
Data: 16 de abril de 2017;
Local: Parque do Povo;
Endereço: Avenida Henrique Chamma, 420 – Itaim, São Paulo;
Horário: das 9h às 17h.

 

XXXII Congresso Brasileiro de Cirurgia

Evento reunirá diversos especialistas da cirurgia mundial

Avanços no tratamento do câncer, cirurgia robótica, cirurgia metabólica, infecção na cirurgia, transplante de órgãos e trauma serão alguns dos inúmeros temas apresentados em palestras, mesas-redondas, painéis e conferências por conferencistas nacionais e internacionais.

O XXXII Congresso Brasileiro de Cirurgia, acontece de 28/04 a 1/05, no Sheraton WTC, em São Paulo. O evento é uma realização do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, considerada a maior associação cirúrgica da América Latina. Paralelo à programação científica acontecerá o V Congresso do Hospital Albert Einstein sobre cirurgia robótica.

Conferência embaixadora americana

Um dos destaques da programação será a conferência da Embaixadora americana Nancy G Brinker para um grupo de mastologistas, oncologistas e representantes do terceiro setor sobre o impacto do câncer de mama no mundo. A embaixadora é fundadora e coordenadora da Susan G Komen – principal organização para o câncer de mama dos EUA. Em sua primeira viagem ao Brasil, Nancy Brinker também visitará alguns serviços de assistência aos doentes com câncer de mama em São Paulo.

A conferência abrirá o Simpósio Susan G. Komen  – CBC no dia 29 de abril, das das 8h30 às 9h  e faz parte de uma ampla programação sobre câncer de mama, que terá a participação de especialistas da Unifesp, Sociedade Brasileira de Mastologia, Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e outras entidades.

O evento é uma realização do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, considerada a maior associação cirúrgica da América Latina.

Informações e inscrições diretamente no site do congresso: http://cirurgia2017.com.br/

 

Convidados internacionais

Avanços no tratamento do câncer, cirurgia robótica, cirurgia metabólica, infecção na cirurgia, transplante de órgãos e trauma serão alguns dos inúmeros temas apresentados em palestras, mesas-redondas, painéis e conferências internacionais nos quatro dias do evento.

O cirurgião brasileiro radicado nos EUA, Antônio Marttos, diretor do departamento de trauma e telemedicina da Universidade de Miami, integra o time de convidados internacionais.

Entre os inúmeros especialistas estrangeiros destacam-se os cirurgiões americanos John Morton, (chefe de cirurgia bariátrica e cirurgia minimamente invasiva da Faculdade de Medicina de Stanford – Califórnia), Michael J. Zinner (diretor médico executivo do Miami Câncer Institute, na Baptist Health South Florida, em Miami; Michael M. Awad (diretor do Instituto Universitário de Washington para a Educação Cirúrgica da Escola de Medicina da Universidade de Washington, em Saint Louis.) Ralph Tuffano (diretor da Divisão de cirurgia de cabeça e cirurgia endócrina do pescoço do Johns Hopkins Hospital).

Além disso, o italiano Franco Roviello (professor de cirurgia oncológica da Universidade de Siena e o belga Giovanni Dapri (departamento de Cirurgia Gastrointestinal – Escola Europeia de Cirurgia Laparoscópica – Hospital Universitário de Saint-Pierre, em Bruxelas).

Urticária é o tema da Semana Mundial de Alergia 2017

A doença no estágio crônico atinge mais mulheres
#semanamundialdealergia

“A Agonia da Urticária: O Que Fazer Quando a Coceira e os Inchaços Não Vão Embora”. Esse é o tema da Semana Mundial de Alergia 2017, que será realizada entre os dias 2 e 08 de abril em todo o mundo.

A Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), por meio de suas regionais localizadas em várias cidades do Brasil, realizará atividades que abordarão o tema, com ações que envolverão médicos e a população. “Temos como objetivo levar informação para o maior número de pessoas, para que elas busquem tratamento adequado e de qualidade”, disse Dra. Norma Rubini, presidente da ASBAI.

Cerca de 20% da população apresenta um episódio de urticária em algum momento da vida. Ela se manifesta através de lesões avermelhadas na pele, que coçam muito e incomodam bastante. Podem ter tamanhos diferentes e se juntar formando placas, que duram até 24 horas.

“Em algumas pessoas, a urticária pode vir acompanhada de angioedema (‘inchaço’), que pode aparecer em qualquer parte do corpo, sendo mais comum nas pálpebras e lábios. Na maior parte das vezes, não coça. Às vezes, pode ser acompanhado de dor ou queimação. Além disso, desaparece mais lentamente”, explica a Dra. Solange Valle, membro do Departamento Científico de Urticária da ASBAI.

Existem dois tipos de urticária:

– Aguda – que dura menos tempo, no máximo seis semanas. É a mais frequente e ocorre principalmente nas crianças e adultos jovens.

Crônica – com duração igual ou superior a seis semanas. Ocorre mais em mulheres entre 25 a 45 anos de idade.
A urticária crônica, por sua vez, pode ser dividida em 2 subtipos:

Urticária crônica espontânea, que é a mais frequente e as lesões surgem sem que se encontre qualquer fator externo responsável.

Urticária crônica induzida, em que as lesões são desencadeadas por fatores externos específicos (frio, calor), identificados pela história clínica e testes de provocação.

Segundo a Organização Mundial de Alergia (WAO) o tema Urticária para este ano objetiva conscientizar sobre a doença e buscar informações que visam a qualidade de vida do paciente.

Sobre a ASBAI
A Associação Brasileira de Alergia e Imunologia existe desde 1946. É uma associação sem finalidade lucrativa, de caráter científico, cujo objetivo é promover o estudo, a discussão e a divulgação de questões relacionadas à Alergologia e à Imunologia Clínica, além da concessão de Título de Especialista em Alergia Clínica e Imunologia a seus sócios, de acordo com convênio celebrado com a Associação Médica Brasileira. Atualmente, a ASBAI tem representações regionais em 21 estados brasileiros.

Serviço
Twitter: @asbai_alergia
Facebook: Asbai Alergia
www.asbai.org.br

 

XII Congresso Brasileiro de Medicina do Tráfego

A certeza de que os sinistros de trânsito não são fortuitos, obras do acaso ou atribuíveis ao
azar ou à providência divina, ao contrário, têm causas, e causas passíveis de prevenção, a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego reforça o seu compromisso com a segurança viária e a mobilidade saudável e modifica o nome do seu principal evento, dele retirando o termo acidente. Contamos com a presença de todos os colegas no XII Congresso Brasileiro de Medicina de Tráfego e o I Congresso Brasileiro de Psicologia de Tráfego, a ser realizado de 14 a 17 de setembro de 2017, em Costa do Sauípe, na Bahia.

Mais informações aqui.

ENCARTE – ABRAMET

A certeza de que os sinistros de trânsito não são fortuitos, obras do acaso ou atribuíveis ao
azar ou à providência divina, ao contrário, têm causas, e causas passíveis de prevenção, a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego reforça o seu compromisso com a segurança viária e a mobilidade saudável e modifica o nome do seu principal evento, dele retirando o termo acidente. Contamos com a presença de todos os colegas no XII Congresso Brasileiro de Medicina de Tráfego e o I Congresso Brasileiro de Psicologia de Tráfego, a ser realizado de 14 a 17 de setembro de 2017, em Costa do Sauípe, na Bahia.
“Nessa terra onde as ladeiras da cidade descem das nuvens pro mar (Gil), a Abramet realizará seu XII Congresso Brasileiro, e convida os especialistas em Medicina de Tráfego e todos os que labutam pela preservação da vida no trânsito a participarem do mais importante evento sul-americano sobre o tema saúde e mobilidade. Venha sentir o que a magia da Bahia reserva para seus visitantes.”

José Heverardo da Costa Montai

 

 

CLIQUE AQUI!

FEBRE AMARELA – INFORMATIVO ATUALIZADO (13/02/2017)

 

Médicos infectologistas da Sociedade Brasileira de Infectologia, filiada à AMB, atualizaram o Informativo sobre a Febre Amarela, falando sobre a doença, os riscos, sintomas, tratamentos e contraindicações, prevenção e indicação para vacinação, incluindo link do MS para lista dos municípios com indicação para a vacinação.
Informe-se, previna-se e divulgue.

Clique no link para acessar:

Informativo para profissionais de saúde

Informativo para a população brasileira