CARDIOPATAS DEVEM TER MAIS CUIDADO COM A COVID-19, APONTA PRESIDENTE DA SBC

Em artigo publicado na Folha de S. Paulo neste domingo (26), o Dr. Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), trouxe um panorama sobre o novo coronavírus e o impacto do vírus em pessoas com doenças cardiovasculares.

O especialista aponta que, desde o início do isolamento social, houve queda na realização de angioplastias coronárias e isso pode estar associado não a uma redução de infarto do miocárdio, mas sim ao medo de cardiopatas em contrair o vírus da Covid-19.

Para Queiroga, pessoas com doenças cardiovasculares devem ter cuidado redobrado com o novo coronavírus, uma vez que fazem parte do grupo de risco da doença. Além disso, cardiopatas não podem negligenciar os sintomas de infarto por medo da Covid-19 e devem procurar assistência assim que sentirem dor no peito de duração prolongada, falta de ar, palpitações, acompanhado de palidez e suor frio. “Quanto mais rápido se buscar uma emergência especializada, melhor será o resultado do tratamento”, finaliza o presidente da SBC.

O artigo está disponível aqui.

Compartilhar em: