PRONTO SOCORRO DE CUIABÁ PODE SUSPENDER CIRURGIAS DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA POR FALTA DE MEDICAMENTOS ANESTÉSICOS

A Associação Médica Brasileira (AMB) se coloca a disposição dos colegas do Mato Grosso para ajudar no que for preciso e garantir segurança aos anestesiologistas para atuarem com as condições necessárias para a boa prática média. “Sem a medicação correta e na quantidade necessária não é possível dar o atendimento que a população merece. Os risco é enorme para paciente e anestesiologistas. A AMB não deixará que estes profissionais sejam pressionados a atuar de forma improvisada”, declara Diogo Leite Sampaio, vice-presidente da AMB.

https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2018/12/21/medicos-denunciam-falta-de-anestesia-para-cirurgias-no-pronto-socorro-de-cuiaba.ghtml

Compartilhar em: