SBU/RJ investe na Educação Continuada e promove o Intensivão pré-TiSBU

Pela primeira vez acontecerá no Rio de Janeiro a edição do Intensivão pré-TiSBU, curso gratuito voltado especificamente para a preparação da Prova para a obtenção do Título deEspecialista da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU).  O projeto é uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Urologia Seccional Rio de Janeiro, que organiza e coordena o Intensivão pré-TiSBU, através dos Departamentos e das Comissões de Educação Continuada e Apoio à Residência Médica. É voltado para todo o Estado do Rio e abrangendo ainda outros Estados da Região Sudeste. O curso com 24horas de carga horária ocorrerá em dois finais de semana, entre os dias  28 e 29 de março e 11 a 12 de abril de 2015, das 8h h às 15:00hs, no Auditório do Hospital Federal da Lagoa, na rua Jardim Botânico, 501, bairro Jardim Botânico.

Para o diretor da SBU/RJ, Dr. Juan Renteria, da Comissão de Apoio à Residência Médica,existe uma demanda grande por parte dos residentes por este tipo de curso. O evento é similar ao Proteus, curso que promove preparação intensiva para o médico residente em Urologia. Opinião esta endossada pelo Dr. Pedro Augusto Reis, também integrante da direção da entidade médica e da Comissão de Apoio à Residência Médica. “O Intensivão visa preencher uma lacuna na formação do urologista no Rio de Janeiro e certamente é o início de um evento que pretende se tornar tradicional na Urologia no Estado”, afirma Dr. Pedro Reis.

O curso preparatório tem o objetivo de estimular no aluno de residência médica de Urologia dos principais hospitais do País, a atualização e educação continuada, para o médico ingressar no mercado de trabalho com maior embasamento técnico e teórico. Além disso, o residente terá a possibilidade de conversar com especialistas renomados, podendo estabelecer uma troca de informações. De acordo com Dr. José Anacleto, que integra a Comissão de Educação Continuada, é fundamental capacitar e treinar esse profissional e torná-lo apto as mudanças do regimento da titularidade de especialista.

A medida atende as exigências da Associação Médica Brasileira e do Conselho Federal de Medicina, estando de acordo com as normas de Acreditação para a titularidade de Especialista. “Antes, no final do terceiro ano do curso de Residência Médica, era aplicado uma única prova. Atualmente é uma prova a cada ano. Ou seja, no final do curso de três anos, o residente R1, R2 e R3, é submetido a uma prova a cada ano, que vai estabelecer uma média final, garantido a sua Titularidade. Esse mecanismo oferece mais chances ao aluno de estudar de maneira regular e aprofundada, e assim ter mais oportunidade de conseguir a Titularidade”, atesta o Dr. Anacleto.

Os organizadores apontam que o Intensivão é um programa de aulas sintetizadas e de alta qualidade, que abrange todo o conteúdo programático que a Prova de Título exige, tendo embasamento no modelo de provas aplicadas anteriormente e na bibliografia indicada.  O Dr. Juan Renteria destaca ainda que é um curso intensivo, no entanto, o modelo principal foi o Curso de Educação Continuada, ministrado mensalmente, desde o início do ano passado. “No Intensivão, aproveitamos a estrutura básica do Curso de Educação Continuada e compactamos as aulas, ministradas por seus professores”, ressalta.

Questões referentes a Transplante Renal, Neurourologia, Disfunções Miccionais e Uropediatria exigiram uma preparação ainda mais meticulosa, suprindo a necessidade e promovendo a trocas de experiências. O Coordenador de Neuro-Urologia e Disfunções Miccionais, Dr. Ailton Fernandes reforça que o objetivo é ajustar os módulos com o intuito de discutir temas teório-práticos, com informações relevantes e respeitando a programação definida pela Comissão de Seleção e Título de Especialista.

Portanto, o Intensivão vai ministrar um estudo mais aprofundado de vários Subespecialidades, podendo ser empregado para aperfeiçoar conhecimentos para reciclagem profissional. “A proposta do curso preparatório é abranger o conhecimento de forma mais ampla, levantando todos os temas da prova”, acrescenta Dr. José Anacleto.

A obtenção do Título de Especialista da SBU significa a conquista do reconhecimento oficial da formação e habilitação especializada do médico urologista, que passará a receber o IBJU (periódico indexado da SBU), e ter acesso ao conteúdo exclusivo do site oficial da entidade com aulas e vídeos, além de descontos em cursos, simpósios, jornadas e congressos.

Outro ponto importante é a repercussão profissional, porque cada vez mais cresce aexigência e valorização do Título por clínicas e hospitais privados e por empresas de seguro e planos de saúde, afora o reconhecimento dos pacientes de que esse é um profissional que passou pelo crivo de avaliação da Sociedade Médica Especializada.

Toda a execução do projeto Intensivão pré-TiSBU está a cargo da SBU-RJ e os interessados podem se inscrever no site da instituição: www.sburj.org.br

Compartilhar em: