FEBRE AMARELA – Manejo Clínico

A febre amarela (FA) é uma doença viral aguda causada pelo vírus da febre amarela
(gênero Flavivirus), que é transmitida, no seu ciclo silvestre, por mosquitos do gênero Haemagogus
ou Sabethes, e, no seu ciclo urbano, por mosquitos Aedes aegypti. Ela é endêmica em regiões
tropicais e atinge 47 países da África e da América do Sul e Central; epidemiologicamente, mais de
90% dos casos e óbitos pela doença ocorrem na África1
. Essa infecção foi responsável por cerca de
5.000 a 300.000 casos graves e entre 19.000-180.000 mortes na África em 20132…

 

Veja o documento completo no link abaixo:

Manejo_FA_Sociedade Brasileira Infectologia

AMB E ESPM INCIAM PARCERIA COM PALESTRAS E MBA.

A Associação Médica Brasileira (AMB) e a ESPM iniciaram uma parceria para criação da Academia de Marketing e Gestão da Saúde AMB/ ESPM, visando oferecer aprimoramento aos médicos.

Amanhã ocorre a palestra NOVAS TECNOLOGIAS EM SAÚDE: UMA VISÃO DE COMO AVALIAR E INCORPORAR, com Dr Florentino Cardo e em fevereiro a aula aberta COMO ESTRUTURAR A GESTÃO DA COMUNICAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE EMPRESAS DA ÁREA DE SAÚDE, com o Prof Christovam Bluhm. As duas palestras têm inscrição gratuita.

Em março terá início o primeiro MBA da parceria AMB/ESPM: MARKETING E GESTÃO DA SAÚDE AMB/ESPM.

 

Palestra NOVAS TECNOLOGIAS EM SAÚDE: UMA VISÃO DE COMO AVALIAR E INCORPORAR

Palestrante: Dr. Florentino Cardoso

Data: 23/1

Horário: das 19h30 às 21h

Local: ESPM São Paulo – Campus Álvaro Alvim – Auditório Victor Civita

Endereço: Rua Dr. Álvaro Alvim, 123 – Vila Mariana

 

Evento gratuito – Incrições:

http://www2.espm.br/eventos/palestra-novas-tecnologias-em-saude-uma-visao-de-como-avaliar-e-incorporar

 

 

Aula aberta – Como estruturar a gestão da comunicação para divulgação de empresas da área de saúde

Palestranate: Prof Christovam Bluhm

Data: 26/02

Horário: das 19h30 às 21h

Local: ESPM São Paulo – Campus Álvaro Alvim

Endereço: Rua Dr. Álvaro Alvim, 123 – Vila Mariana

 

Evento gratuito – Incrições:

http://www2.espm.br/eventos/aula-aberta-como-estruturar-gestao-da-comunicacao-para-divulgacao-de-empresas-da-area-de

 

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PATOLOGIA TEM A NOVA DIRETORIA PARA BIÊNIO 2018/2019

A gestão da Sociedade Brasileira de Patologia está oficialmente sob comando do novo corpo diretório para o biênio 2018/2019. Em reunião na SBP nessa sexta-feira, a nova Diretoria Executiva apresentou seus membros e projetos para os próximos dois anos, entre os temas debatidos está o 32° Congresso Brasileiro de Patologia. Em breve vocês conhecerão mais da nova diretoria que é constituída da seguinte forma:

Dr. Clóvis Klock – Presidente;
Dra. Kátia Ramos Moreira Leite – Vice-Presidente para Assuntos Acadêmicos;
Dr. Renato Lima de Moraes Jr. – Vice-Presidente para Assuntos Profissionais;
Dra. Marina De Brot – Secretária Geral;
Dra. Ana Lúcia Botelho Guimaraes Areas – Secretária Adjunta;
Dra. Renata Bacic Palhares – Tesoureira;
Dr. Carlos Augusto Moreira Silva – Tesoureiro Adjunto.

 

Dr Lincoln Lopes Ferreira e diretoria da AMB parabenizam o Dr. Clóvis Klock e demais diretores empossados da Sociedade Brasileira de Patologia.

“A união no associativismo médico é nossa maior força. Contem conosco. Juntos, faremos mais e melhor” comenta Lincoln.

 

AMB RECEBE NOVA DIRETORIA DA ABRAMEDE

Diversos temas fizeram parte da pauta da reunião entre a Associação Médica Brasileira e a nova diretoria da Associação Brasileira de Medicina de Emergência (ABRAMEDE), na manhã desta sexta-feira, 19/01, na sede da AMB, em São Paulo. Dentre eles, as propostas do presidente da entidade, Dr Federico Arnaud, para a gestão que teve início em 1º de janeiro, como a formação de uma força nacional com os residentes de medicina de emergência para atendimento de catástrofes. De acordo com o presidente, a ABRAMEDE busca todas as formas de levar treinamento, conhecimento e melhora da logística dos setores de emergência.

Também está entre os objetivos da entidade, viajar o país para divulgar a especialidade: a “Sessão sábado com a ABRAMEDE” será realizada uma vez por mês, com os diretores falando sobre medicina de emergência, de estado em estado.

Dr Lincoln Ferreira, presidente da AMB, recebeu o convite para participar do 1º Fórum de Medicina Emergência da ABRAMEDE, que será realizado nos dias 9, 10 e 11 de março, em Fortaleza e do VI Congresso Brasileiro de Medicina de Emergência Adulto e Pediátrico, que acontecerá entre os dias 25 a 28 de setembro.

Segundo Dr. Arnaud, o encontrou serviu principalmente para ratificar a parceria entre as duas entidades: “Queríamos apresentar a nossa diretoria, nossas atividades e nos colocar à disposição da AMB para o que for necessário”. Na mesma linha, Lincoln, entusiasmado e vestindo a camisa da entidade, enfatizou a necessidade de união e valorizou os planos da ABRAMEDE: “É uma grande satisfação ver uma das mais jovens sociedades de especialidade já estar atuando de forma tão firme e articulada. Isso é bom para a AMB e é ótimo para medicina de emergência no Brasil”.

Pela diretoria da ABRAMEDE, também estiverem presentes na reunião: Hélio Penna (1º Secretário); Dênis Collares (responsável pelo Site); Maria Aparecida Braga (2ª Secretária); Luiz Alexandre Borges (ex-presidente e atual vice-presidente) Luiz Fernando Varela (ex-secretário e atual presidente da Abramede Regional do RS); Marcus Vinicius (presidente da Comissão de Títulos); Rafaella Bayas (2º Tesoureira).

PRIMEIRO EXAME PARA TÍTULO DE ESPECIALISTA EM ONCOLOGIA CLÍNICA SERÁ EM 2018

 

Na foto: Lucia Freitas, Lincoln Lopes Ferreira, Cinthya Sternberg, Antonio Jorge Salomão, Sergio D. Simon e Aldemir H. Soares. Foto de César Teixeira/AMB

 

A Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) realizará em 2018 o primeiro exame para obtenção do Título de Especialista em Oncologia Clínica. A especialidade foi reconhecida no ano passado pela Comissão Mista de Especialidades, formada por Associação Médica Brasileira (AMB), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM). O período de inscrições e a data do exame serão divulgados em breve.

No dia 18 de janeiro, membros da SBOC estiveram na sede da Associação Médica Brasileira para conversar sobre as regras estabelecidas para todas as sociedades de especialidade filiadas à AMB e os trâmites administrativos desde a elaboração do edital do exame até a entrega do Título aos médicos aprovados.

A SBOC também organizará o exame de suficiência para obtenção do Certificado de Área de Atuação em Oncologia Pediátrica, em parceria com a Sociedade Brasileira de Pediatria e a Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia.

Participaram do encontro o presidente da AMB, Dr. Lincoln Lopes Ferreira; o presidente da SBOC, Dr. Sergio D. Simon; o secretário-geral da AMB, Dr. Antonio Jorge Salomão; o membro da Comissão Mista de Especialidades Dr. Aldemir H. Soares; a diretora executiva da SBOC, Dra. Cinthya Sternberg; e a gerente jurídica da SBOC, Dra. Lucia Freitas.

Palestra NOVAS TECNOLOGIAS EM SAÚDE: UMA VISÃO DE COMO AVALIAR E INCORPORAR

 

Palestra NOVAS TECNOLOGIAS EM SAÚDE: UMA VISÃO DE COMO AVALIAR E INCORPORAR

ESPM – São Paulo

Data: 23/1

Horário: das 19h30 às 21h

Local: ESPM São Paulo – Campus Álvaro Alvim – Auditório Victor Civita

Endereço: Rua Dr. Álvaro Alvim, 123 – Vila Mariana

 

Evento gratuito – Incrições:

http://www2.espm.br/eventos/palestra-novas-tecnologias-em-saude-uma-visao-de-como-avaliar-e-incorporar

 

SOBRE O PALESTRANTE

Dr. Florentino Cardoso

Florentino Cardoso,  é cirurgião geral e oncológico. Formado pela Universidade Federal do Ceará, tem residência médica em cirurgia geral (hospital de Ipanema – RJ) e cirurgia Oncológica (INCA-RJ). Mestrado em Cirurgia pela faculdade de medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC). É especialista em economia da Saúde pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e em capacitação Gerencial de Dirigentes Hospitalares (Instituto de Administração Hospitalar e Ciências da Saúde – RS). Foi superintendente dos Hospitais Universitários  da Universidade Federal do Ceará, de janeiro de 2010 a fevereiro de 2014. Cirurgião do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Instituição da qual foi Diretor Geral de 2003 a 2006. Foi Vice-Presidente regional Norte-nordeste da AMB de 2002 a 2008 e Presidente da Associação Médica Cearense por três gestões, de 1999 a 2005 e de 2008 a 201. Foi Presidente da AMB – Associação Médica Brasileira de 2011 a 2017. Atual Presidente da CONFEMEL – Confederação Médica latina-Íbero-Americana e do Caribe. Casado, pai de três filhos, reside em Fortaleza- Ceará.

CBC – POSSE DO DIRETÓRIO NACIONAL GESTÃO 2018/2019

 

No dia 13 de janeiro, aconteceu a posse do novo Diretório Nacional do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC) para a gestão 2018/2019. O TCBC Paulo Roberto Corsi transmitiu o cargo de presidente ao ECBC Savino Gasparini Neto.

Durante a Sessão Solene foi realizada a entrega de diploma a quatro novos Eméritos e também de novos membros Titulares.

O presidente do CBC da gestão 2016/2017, TCBC Paulo Roberto Corsi, agradeceu o apoio de todo o Diretório Nacional e lembrou diversas realizações da sua gestão, como a implementação do primeiro planejamento estratégico da história do CBC,  diversas modernizações na estrutura administrativa, a aprovação da residência médica para três anos, as parcerias com o Surgbook, Ircad, Instituto Lubek, FELAC, além da criação de novos serviços como a Página de Membro e do novo projeto de identidade visual para o logotipo do CBC.

O novo presidente do CBC, o ECBC Savino Gaspari, após a transmissão do cargo e entrega do colar presidencial destacou o orgulho de pertencer ao Diretório anterior e de ter acompanhado todas as realizações implementadas e destacou a motivação em enfrentar os novos desafios para a sua gestão.

Representado a Associação Médica Brasileira, esteve presente à cerimônia o Dr. Arno Von Ristow, Vice-Presidente da Região Sudeste, levando os cumprimentos da diretoria da AMB aos novos dirigentes do CBC e reforçando os laços entre as entidades. “A cerimônia foi muito bonita e bastante concorrida, lotando o Centro de Convenções do CBC. A força do CBC foi demonstrada com a maciça presença de associados ao evento, nos discursos sobre as realizações da gestão passada e o vigor da nova gestão para os próximos desafios.”

Dr Florentino Cardoso, ex-presidente da AMB e atual residente da CONFEMEL assumiu o cargo de vice-presidente do Setor II do CBC.

CONFIRA TODOS OS INTEGRANTES DO DIRETÓRIO NACIONAL DO CBC 2018/2019

CARGOSCATNOMEUF
PRESIDENTE NACIONALECBCSAVINO GASPARINIRJ
1o VICE-PRESIDENTE NACIONALTCBCAUGUSTO CESAR BAPTISTA DE MESQUITARJ
2o VICE-PRESIDENTE NACIONALTCBCEDIVALDO MASSAZO UTIYAMASP
VICE-PRESIDENTE DO N.CENTRALTCBCJOSÉ MARCUS RASO EULÁLIORJ
2o VICE-PRESIDENTE DO N.CENTRALTCBCLUIZ GUSTAVO DE OLIVEIRA E SILVARJ
VICE-PRESIDENTE DO SETOR ITCBCGERALDO ISHAKPA
VICE-PRESIDENTE DO SETOR IITCBCFLORENTINO DE ARAÚJO CARDOSO FILHOCE
VICE-PRESIDENTE DO SETOR IIITCBCJORGE PINHO FILHOPE
VICE-PRESIDENTE DO SETOR IVTCBCIZIO KOWESBA
VICE-PRESIDENTE DO SETOR VTCBCBRUNO MOREIRA OTTANIDF
VICE-PRESIDENTE DO SETOR VITCBCFLAVIO DANIEL SAAVEDRA TOMASICHPR
SECRETÁRIO-GERALTCBCELIZABETH GOMES DOS SANTOSRJ
1o SECRETÁRIOTCBCRAFAEL RODRIGUEZ FERREIRARJ
2o SECRETÁRIOTCBCFABIO STIVEN LEONETTIRJ
TESOUREIRO-GERALTCBCPEDRO EDER PORTARI FILHORJ
TESOUREIRO-ADJUNTOTCBCHELIO MACHADO VIEIRA JR.RJ
DIRETOR DE PUBLICAÇÕESTCBCGUILHERME PINTO BRAVO NETORJ
DIRETOR DE COMUNICAÇÃO E DE TEC. DA INFORMAÇÃOTCBCMARCUS VINICIUS DANTAS DE C. MARTINSRJ
DIRETOR DE DEFESA PROFISSIONALTCBCLUIZ CARLOS VON BAHTENPR
PRESIDENTE DO EXERCÍCIO ANTERIORTCBCPAULO ROBERTO CORSISP

FORMAR MAUS MÉDICOS CUSTA MAIS CARO

 

O presidente da AMB, Lincoln Lopes Ferreira, tem afirmado em suas declarações que “Formar médicos custa caro. Formar maus médicos custa muito mais caro. E por um longo período. Médicos mal formados são mais inseguros, solicitam exames desnecessários, não utilizam os tratamentos apropriados, não seguem os protocolos corretos, aumentando o tempo de internação dos pacientes e de intervenção médica sem real necessidade. Sobrecarregam o sistema de saúde, principalmente o público, que carece de mecanismos de gestão, precarizam a prevenção dos agravos e, pior, colocam em risco a vida dos brasileiros”.

 

Para a AMB é um alento contar com renomados e reconhecidos médicos brasileiros, com Raul Cutait e Drauzio Varela, em espaços privilegiados da mídia brasileira, contribuindo para esclarecer a população sobre a precarização do ensino da medicina no Brasil, e suas consequências ao longo dos anos, principalmente a partir de 2013 com a abertura indiscriminada de novas escolas médicas, sem reunirem as condições mínimas necessárias para a formação profissional.

 

Leia os artigos na íntegra:

RAUL CUTAIT

Um tiro no pé

http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2018/01/1951043-um-tiro-no-pe.shtml?loggedpaywall

DRAUZIO VARELA

Médicos são liberados para a vida profissional sem controle de qualidade

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/drauziovarella/2018/01/1948392-medicos-sao-liberados-para-a-vida-profissional-sem-controle-de-qualidade.shtml

OPERAÇÃO “LAMA CIRÚRGICA” no Espírito Santo

OPERAÇÃO “LAMA CIRÚRGICA” no ES: Empresários suspeitos de fornecerem material descartável reutilizado são presos.

A Associação Médica Brasileira (AMB) acompanha pela imprensa e em contato com a sua federada do Espírito Santo, o desenrolar da denúncia que gerou a operação “Lama Cirúrgica” do Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas e à Corrupção (Nuroc), da Secretaria de Segurança Pública do Estado (Sesp).

“O crime é uma afronta à sociedade, aos pacientes e à medicina. Tratamentos que podem não ter gerado o resultado total esperado ou podem ter havido intercorrências em função da utilização de materiais que são categorizados como descartáveis, mas que foram reaproveitados” diz Lincoln Lopes Ferreira, presidente da AMB.

O presidente da Associação Médica do Espírito Santo (AMES), Leonardo Lessa Arantes, em entrevista ao jornal A Crítica, disse que a reutilização destes materiais representa um risco para todos. “O médico é vítima, o hospital é vítima, a sociedade sai prejudicada como um todo, pois há risco de infecções e resultados ruins. Destes materiais a maior parte é utilizada na Ortopedia, mas alguns são de uso comum, como o fio de sutura cirúrgica.”

A AMB parabeniza a ação da Secretaria de Segurança Pública do Estado frente à denúncia recebida, se solidariza com a população do Espírito Santo e se coloca à disposição das autoridades para contribuir para que o resultado das investigações ocorra com a maior brevidade.

http://g1.globo.com/espirito-santo/bom-dia-es/videos/v/pacientes-com-cancer-no-es-foram-tratados-com-material-descartavel-usado-diz-policia/6427024/

SBA E AMB AINDA MAIS UNIDAS

“Trabalhar em conjunto e fortalecer a união das entidades médicas para vencer os desafios de 2018” foi a receita apresentada pelo presidente da AMB, Lincoln Ferreira, durante a posse da nova diretoria da Sociedade Brasileira de Anestesiologia, neste sábado, 13 janeiro, no hotel Windsor Barra, Rio de Janeiro.

A nova gestão tem como presidente Sérgio Luiz do Logar Mattos, que assumiu o cargo deixado o Ricardo Almeida de Azevedo. O novo presidente da SBA agradeceu os funcionários a SBA e os voluntários, falou dos planos e desafios para 2018 e criticou os gestores públicos e privados da saúde: “Tentam culpar os profissionais que estão na linha de frente do atendimento ao cidadão por toda as mazelas do sistema”. Pregou colaboração como forma de alcançar os objetivos: “As portas, as janelas, os ouvidos, os braços estão abertos”. Também disse que continuará com o lema do antecessor, “vamos em frente”. “Vamos em frente e vamos juntos”, disse finalizando o discurso.

O evento também marcou aniversário de 70 anos da SBA. “Somos uma das maiores sociedades de anestesiologia do mundo. Não só em número de profissionais mas também em reconhecimento pela qualidade técnica e de formação dos anestesiologistas brasileiros”, lembrou Diogo Leite Sampaio vice-presidente da AMB e membro da SBA, que também representou a AMB na solenidade.

Clique no link (https://www.sbahq.org/diretoria/) e veja a composição completa da nova diretoria.

Também estiverem presentes representantes da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), do Conselho Federal de Medicina (CFM), da World Federation of Societies of Anaesthesiologists (WFSA) e da Federação Brasileira das Cooperativas de Anestesiologistas (Febracan)