Tag Archives: ramb

COVID-19: O VÍRUS NO CONTROLE DA CULTURA?

Foi com esse questionamento que o presidente da AMB, Lincoln Ferreira, o diretor científico da AMB, Antonio Carlos P. Chagas, e o coordenador de Diretrizes da AMB, Wanderley M. Bernardo, assinaram o 7º artigo do Boletim RAMB Covid-19, que traz uma reflexão sobre o impacto do vírus em nossa sociedade, a importância das estratégias de contenção da doença e a atuação dos médicos e demais profissionais de saúde neste momento de pandemia.

O Boletim RAMB Covid-19 é uma iniciativa de AMB para ampliar a divulgação científica sobre o novo coronavírus. Os artigos também estarão presentes na Revista da Associação Médica Brasileira (Ramb). ⠀

Acesse https://ramb.amb.org.br/boletim-ramb-covid-19/.

COVID-19: CARDIOLOGISTAS APRESENTAM ESTUDO E ALERTAM SOBRE ATEROTROMBOSE E INFECÇÕES VIRAIS

Pesquisadores do Departamento de Aterosclerose do Instituto do Coração (InCor), em São Paulo, trazem um novo estudo sobre relação da Covid-19 com infecções virais e aterotrombose. O artigo faz parte da 6ª edição do Boletim RAMB COVID-19 e foi conduzido por Marcel de Paula Pereira, Eduardo Gomes Lima e Carlos Vicente Serrano Junior, filiados ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP).

A publicação é uma ação da AMB e tem como finalidade adiantar materiais científicos sobre o coronavírus que estarão presentes na Revista da Associação Médica Brasileira (Ramb). Acesse: https://ramb.amb.org.br/boletim-ramb-covid-19/

 

PESQUISADORES APRESENTAM MEDIDAS PREVENTIVAS PARA GRÁVIDAS EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS

Na 5ª edição do Boletim RAMB Covid-19, pesquisadores apontam algumas medidas preventivas para gestantes em meio à COVID-19. O estudo foi realizado por cientistas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), da Universidade Federal de São Paulo (EPM-UNIFESP), da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) e da Clínica de Diagnóstico por Imagem (CDPI), no Rio de Janeiro.

O boletim RAMB COVID-19, é uma iniciativa da AMB, e tem como propósito antecipar materiais científicos sobre o coronavírus que estarão presentes na Revista da Associação Médica Brasileira (Ramb).

Leia o boletim em ramb.amb.org.br.

PESQUISADORES ALAGOANOS FAZEM REVISÃO EPIDEMIOLÓGICA SOBRE A SARS-COV-2

A 4ª edição do Boletim RAMB Covid-19 traz um estudo que teve como objetivo revisar a, manifestação clínica, diagnóstico laboratorial, tratamento e perspectivas futuras relacionadas à epidemiologia da infecção por COVID-19. O estudo foi feito por pesquisadores das seguintes instituições: Centro Universitário Cesmac, Universidade Federal de Alagoas, Hospital Geral do Estado de Alagoas, Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas e Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas, todas localizadas em Maceió, Alagoas.

Partindo da iniciativa da AMB, o boletim RAMB COVID-19, tem como intuito divulgar materia científicos, sobre o coronavírus. Os artigos estarão presentes na Revista da Associação Médica Brasileira (Ramb). Leia na íntegra no  ramb.amb.org.br.

NOVO BOLETIM RAMB COVID-19 TRAZ PESQUISA SOBRE RADIOTERAPIA

Pesquisadores do Hospital Sírio-libanês, em São Paulo, elaboraram um artigo sobre o uso da radioterapia em pacientes oncológicos em meio a pandemia de Covid-19.

O estudo conta com importantes recomendações para pacientes oncológicos em tratamento e confirmados ou com suspeita de Covid-19, bem como para pacientes que já concluíram o tratamento.

O Boletim RAMB Covid-19 é uma iniciativa de AMB para ampliar a divulgação científica sobre o novo coronavírus. Os artigos também estarão presentes na Revista da Associação Médica Brasileira (Ramb). Leia na íntegra em ramb.amb.org.br.

2ª EDIÇÃO DO BOLETIM RAMB COVID-19

O segundo Boletim RAMB Covid-19 traz a pesquisa “Hematological changes in Covid-19 infection”, na qual os autores buscam identificar biomarcadores que possam ser utilizados no diagnóstico e no monitoramento da evolução das infecções causadas pelo novo coronavírus.

O estudo foi desenvolvido por professores do Departamento de Cirurgia e do Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas (DACT) da Universidade Federal do Ceará e por alunos de graduação do curso de medicina da Faculdade Christus, em Fortaleza.

O Boletim RAMB Covid-19 é uma forma de antecipar os artigos científicos que estarão disponíveis na Revista da Associação Médica Brasileira (Ramb).
Acesse aqui.

REVISTA CIENTÍFICA DA AMB TRAZ EDIÇÃO ESPECIAL SOBRE CARDIOLOGIA EM JANEIRO

 

Na sua primeira publicação de 2019, a Revista Científica da AMB (RAMB) apresenta uma edição especial dedicada à Cardiologia. A revista, que é digital, traz 102 páginas e 12 artigos, a maioria com estudos de pesquisadores brasileiros, mas também traz artigos da China e da Turquia. Por ser considerado importante causa de mortalidade cardiovascular, artigos que tratam do Diabetes tem destaque na edição.

 

A RAMB aparece, nos últimos 3 anos, entre as publicações mais acessadas no Brasil, segundo a base de dados Scielo que indexa os periódicos nacionais. São mais de 4 milhões de acessos por ano, que demonstram a força e a credibilidade da revista científica da AMB, além do interesse que os artigos publicados despertam na classe médica nacional e internacional. São recebidos cerca de 550 artigos por ano, com textos originários do Brasil, da Ásia, da Europa e de outros países da América Latina.

 

Para ler a RAMB basta clicar: https://ramb.amb.org.br/ultimas-edicoes/

RAMB tem novo aumento no fator de impacto

A Revista da AMB teve novo aumento em seu fator de impacto: de 0,915 aferido em 2013 para 0,933 em 2014, resultado que coloca a RAMB entre as 20 revistas brasileiras mais citadas. Este é o terceiro ano que a revista da AMB apresenta aumenta no fator de impacto.

As informações constam na lista do Journal Citation Reports (JCR), e foram divulgadas pelo Portal ISI WEB Knowledge em 18 de junho, tendo como base estatística de dados de citação em 2014. Em 2012, o fator de impacto da Ramb utilizando os mesmos critérios apurados pelo JCR foi de 0,771, ou seja, a Ramb aumentou o número de citações em 0,162 em apenas dois anos.

“Esse resultado é importante para a RAMB e sinaliza que estamos no caminho certo visando aumentá-lo a cada ano. Acreditamos que nossas estratégias, como alterar a periodicidade da revista para mensal, produção de edições temáticas, reformulação no quadro de revisores e alterações no processo de submissão dos artigos para dar mais agilidade ao andamento dos artigos, possam elevar ainda mais esse número de impacto”, destaca o editor-chefe da Ramb, Carlos Serrano.

O fator de impacto é uma medida que demonstra a média de citações de  artigos científicos publicados em determinada revista, servindo como parâmetro para avaliar e comparar periódicos de uma mesma área. Quanto maior for o fator de impacto de uma revista, maior serão as chances do artigo ser citado.

Além do Journal Citation Report (Science Citation), que avalia as revistas, a Ramb também aparece no SJR SCImago (Journal & Country Rank da base de dados Scopus/Elsevier), com 0.267 (2013) e a avaliação no Qualis/Capes – B3. É Indexada nas bases LILACS; PubMed (Medline); Scopus e Scielo.

Ano de Referência Fator de Impacto Ano de Divulgação
2012 0,771 2013
2013 0,915 2014
2014 0,933 2015

Fonte: Journal Citation Reports (JCR)