Tag Archives: denúncias

DENÚNCIAS RECEBIDAS PELA AMB JÁ GERAM AUTUAÇÕES E INVESTIGAÇÕES

Nos últimos dias, a AMB recebeu retorno do Ministério Público do Trabalho em diversos estados, bem como de Secretarias de Saúde, informado que as denúncias recebidas pela AMB e encaminhadas aos órgãos estão sendo apuradas e em alguns casos os locais fiscalizados e/ou autuados.

As respostas são decorrentes dos encaminhamentos dos relatos de médicos e demais profissionais de saúde sobre o panorama enfrentado por eles no combate ao novo coronavírus – são mais de 3 mil denúncias pelo País desde o dia 19 de março.

Para realizar denúncias, acesse: amb.org.br/epi.

 

PGR RECEBE DENÚNCIAS SOBRE FRAUDES NA REVALIDAÇÃO

Foram entregues à Procuradoria-Geral da República, nesta quarta-feira (04), novas denúncias sobre irregularidades na revalidação de diplomas de medicina estrangeiros que envolvem faculdades públicas e privadas. As informações foram apresentadas à subprocuradora-geral da República, Luiza Cristina Frischeisen, pelo vice-presidente da AMB, Diogo Sampaio, e pelo consultor Jurídico da entidade, Guilherme Moura.

Na reunião, Diogo Sampaio ressaltou que o objetivo maior do processo de revalidação de diplomas estrangeiros deve ser o de avaliar a real capacidade daqueles que se formaram no exterior para atuarem como médicos no Brasil. Isso é fundamental para a segurança e a qualidade do atendimento à população brasileira.

“Há mais de um ano estamos na luta para colocar um fim nesses esquemas bilionários quem envolvem tanto as faculdades particulares, quantos as públicas. A Polícia Federal está fazendo um belo trabalho com a operação Vagatomia, trazendo à luz o que muitos negam e não querem ver. Queremos também contar com os demais órgãos fiscalizadores e regulamentadores para garantir que a população tenha sempre acesso à médicos bem formados e preparados para o atendimento”, comenta Diogo Sampaio vice-presidente da AMB.

A AMB agradece a todos que contribuíram enviando informações sobre possíveis fraudes e esquemas que envolvam a formação médica. A entidade tem trabalhado arduamente para denunciar o caos que se encontra a revalidação no Brasil e para defender o ensino médico de qualidade.

Caso você tenha conhecimento dessa ou outra prática ilícita envie à AMB pelo e-mail denuncia@amb.org.br. As informações serão apuradas de forma sigilosa, resguardando sua identidade e, depois, serão levadas aos órgãos responsáveis. Não deixe de informar a cidade e a instituição envolvida.

ESQUEMAS CRESCEM, FORMAÇÃO MÉDICA DEFINHA

A cada dia, esquemas fraudulentos como a venda de vagas em faculdades de medicina e a facilitação no processo de revalidação de diplomas criam força no Brasil. Enquanto essa máfia movimenta bilhões de reais, o ensino nas universidades perde qualidade. A AMB convoca toda a classe médica, estudantes de medicina e a população em geral para colocar um fim nesse cenário!

Se você conhece uma faculdade particular que pratica revalidação de diploma, acesso irregular ao curso de medicina ou têm percebido situações como o atendimento de pessoas sem licença para exercer medicina no Brasil em postos de saúde, denuncie à AMB! Queremos te ouvir e saber mais sobre esses e outros casos.

Junte-se a nós nessa luta em prol da qualidade do atendimento à saúde da população! Envie sua denúncia para o e-mail denuncia@amb.org.br.

RETROSPECTIVA AMB | INVESTIGAÇÃO SOBRE ESQUEMAS NA REVALIDAÇÃO

A AMB dedicou alguns meses no início de 2019 para investigar a fundo um esquema irregular na revalidação de diplomas de egressos do exterior. A entidade foi atrás de informações, evidências e dados que ajudassem a entender como operam as universidades e empresas intermediadoras envolvidas no esquema.

O trabalho, coordenado pelo vice-presidente da AMB, Diogo Sampaio, contemplou a análise detalhada da legislação sobre revalidação e dos editais da UFMT; o levantamento de informações sobre o perfil das faculdades conveniadas; avaliação dos canais online de empresas intermediadoras; reunião de materiais para entender como elas operam; e contato direto com as empresas, por meio de pessoas que cooperaram com a investigação, para comprovar a atuação ilícita e ameaçadora para a saúde brasileira.

A investigação levou à compreensão sobre como o esquema bilionário atua para facilitar a revalidação de diplomas de quem não comprovou habilidades para exercer medicina no Brasil. Em maio, o caso foi exposto ao Ministério da Educação e, devido à falta de retorno e atuação do MEC, as denúncias foram levadas ao CFM, à Controladoria Geral da União, a deputados da Frente Parlamentar da Medicina e ao próprio presidente da República, além da imprensa em geral.

A atuação da AMB provocou uma grande discussão nacional sobre a revalidação de diplomas estrangeiros e a capacidade de formação de escolas em países da América Latina.