Tag Archives: Revalidação de Diplomas

PGR RECEBE DENÚNCIAS SOBRE FRAUDES NA REVALIDAÇÃO

Foram entregues à Procuradoria-Geral da República, nesta quarta-feira (04), novas denúncias sobre irregularidades na revalidação de diplomas de medicina estrangeiros que envolvem faculdades públicas e privadas. As informações foram apresentadas à subprocuradora-geral da República, Luiza Cristina Frischeisen, pelo vice-presidente da AMB, Diogo Sampaio, e pelo consultor Jurídico da entidade, Guilherme Moura.

Na reunião, Diogo Sampaio ressaltou que o objetivo maior do processo de revalidação de diplomas estrangeiros deve ser o de avaliar a real capacidade daqueles que se formaram no exterior para atuarem como médicos no Brasil. Isso é fundamental para a segurança e a qualidade do atendimento à população brasileira.

“Há mais de um ano estamos na luta para colocar um fim nesses esquemas bilionários quem envolvem tanto as faculdades particulares, quantos as públicas. A Polícia Federal está fazendo um belo trabalho com a operação Vagatomia, trazendo à luz o que muitos negam e não querem ver. Queremos também contar com os demais órgãos fiscalizadores e regulamentadores para garantir que a população tenha sempre acesso à médicos bem formados e preparados para o atendimento”, comenta Diogo Sampaio vice-presidente da AMB.

A AMB agradece a todos que contribuíram enviando informações sobre possíveis fraudes e esquemas que envolvam a formação médica. A entidade tem trabalhado arduamente para denunciar o caos que se encontra a revalidação no Brasil e para defender o ensino médico de qualidade.

Caso você tenha conhecimento dessa ou outra prática ilícita envie à AMB pelo e-mail denuncia@amb.org.br. As informações serão apuradas de forma sigilosa, resguardando sua identidade e, depois, serão levadas aos órgãos responsáveis. Não deixe de informar a cidade e a instituição envolvida.

DENUNCIE TRANSFERÊNCIAS IRREGULARES

A transferência irregular para o Brasil de alunos que iniciaram os estudos em cursos de medicina no exterior é uma das formas de operação do esquema de compra de vagas que envolve diversas faculdades privadas, inclusive com conceito 4 e 5 no ranking do Ministério da Educação (MEC).

Caso você tenha conhecimento dessa ou outra prática ilícita à AMB pelo e-mail denuncia@amb.org.br. As informações serão apuradas de forma sigilosa, resguardando sua identidade e, depois, serão levadas aos órgãos responsáveis. Não deixe de informar a cidade e a instituição envolvida.

É papel de todos contribuir para que tenhamos um ensino médico de qualidade e sem irregularidades. Denuncie!

LUTA CONTRA O REVALIDA LIGHT CONTINUA

O retorno da Operação Vagatomia, cuja segunda fase foi deflagrada na semana passada, acalorou os debates sobre a revalidação de diplomas e os esquemas envolvendo faculdades particulares.

Assim, a classe médica está na expectativa da análise dos vetos do presidente Jair Bolsonaro aos artigos da lei do Revalida e da MPV do Médicos pelo Brasil que permitiam escolas privadas de revalidarem diplomas de medicina expedidos no exterior. O assunto deve ser avaliado por senadores e deputados federais em uma sessão conjunta no Congresso Nacional até o fim da próxima semana.

A AMB convoca toda a classe médica para sensibilizar os parlamentares sobre a importância da manutenção do veto presidencial. Médico, acesse a plataforma criada pelo CFM, envie um e-mail para o parlamentar de seu estado e faça sua parte na luta contra o Revalida Light: www.sistemas.cfm.org.br/emailparlamentares (link disponível também na nossa BIO).

DENUNCIE IRREGULARIDADES NA REVALIDAÇÃO

A atuação irregular de faculdades particulares na revalidação de diplomas médicos expedidos no exterior muitas vezes se dá de forma descarada. Por exemplo, quando revalidandos exercem medicina ilegalmente em postos de saúde municipais, sem nenhuma supervisão, para suprir a necessidade de aulas práticas, já que em muitas faculdades não há laboratórios, muito menos hospital escola. Ou quando formados no exterior fazem curso complementar para revalidar diploma de médico em faculdades onde nem é ofertado curso de medicina.

Parece absurdo, mas é assim que opera o esquema de compra de vagas na revalidação de diplomas denunciado pela AMB e que também é um dos alvos da Operação Vagatomia, da Polícia Federal.

Se você estuda em uma faculdade particular que pratica revalidação de diploma ou têm percebido situações como o atendimento de pessoas sem licença para exercer medicina no Brasil em postos de saúde, denuncie esses e outros casos à AMB!

Envie sua denúncia para o e-mail denuncia@amb.org.br.

Nosso compromisso é te ouvir e continuar trabalhando por um atendimento seguro e de qualidade para o cidadão, realizado somente por quem comprovou habilidade para exercer medicina, seja egresso de escolas brasileiras ou estrangeiras.